Viajar Sozinha por conta própria ou usar agência? | Viajante Solo

Na hora de planejar a viagem,  bate aquela dúvida: viajar sozinha por conta própria e planejar tudo? Ou usar uma agência de viagens e não se preocupar com nada? Não tem uma resposta certa ou receita mágica, pois depende muito do seu temperamento e estilo de viagem.

Você prefere um roteiro amarradinho ou prefere ficar livre e fazer o que der na telha quando acordar no seu destino? Não fala a língua do país e não vai se sentir segura fazendo tudo sozinha? Vários fatores devem ser levados em conta na hora de escolher se vai viajar sozinha por conta própria ou usar uma agência. Eu, particularmente, adoro planejar cada detalhe, mas, muitas vezes, uso agências locais para fazer passeios e ter apoio ou até mesmo para comprar as passagens.

Solo Travel Week

PARTICIPE DA SOLO TRAVEL WEEK

Uma semana com muitos conteúdos online e gratuitos sobre viajar sozinha. Você vai aprender como planejar uma viagem solo única!

Qualquer uma das opções é válida na hora de viajar e cada uma delas tem prós e contras. Dá uma olhadinha e avalie qual é a melhor opção para seu estilo de viagem.

Viajar sozinha por conta própria

Viajar Sozinha por Conta Própria | Viajante Solo

Prós

  • Menor custo de hospedagem e aéreo, pois você pode pesquisar com calma as promoções e ainda escolher, por exemplo, viajar no meio da semana, quando as passagens saem mais em conta.
  • Liberdade no roteiro, pois você pode mudar de ideia a hora que quiser
  • Flexibilidade nos horários. Não precisa acordar às 6 e tomar café correndo, porque o ônibus da excursão está te esperando.
  • Quando se está livre, a chance de conhecer melhor o destino aumenta, pois você pode decidir visitar algo que encontrou no caminho.
  • Mais opções de hospedagem como hostels, bed & breakfast e aluguel de apartamento.

Contras

  • Qualquer coisa que dê errado é você mesmo quem vai ter que resolver e pode gastar tempo da sua viagem para isso
  • O planejamento de uma viagem onde você cuida de todos os detalhes requer bastante tempo e muita pesquisa e, quando a gente não tem experiência, pode fazer escolhas erradas.
Capa Ebook Viajar Sozinha em Segurança Denise Tonin min

E-BOOK GRATUITO

VIAJAR SOZINHA EM SEGURANÇA

Mais de 20 dicas para você viajar tranquila e confiante!

Viajar Sozinha usando uma agência de viagens

Viajar Sozinha Usando uma Agência de Viagens | Viajante Solo

Prós

  • Assistência full time, ou seja, qualquer problema durante a viagem você terá apoio da agência e não perderá tempo tentando arrumar uma solução.
  • Roteiro Pré-Definido e personalizado de acordo com seus interesses
  • Orientação com Documentação
  • Contratação de todos os serviços (seguro, transfers, locação de carro, hospedagem, passeios, etc.) em um único lugar
  • Caso você não fale o idioma do destino, ter um roteiro todo amarradinho pode ser uma boa alternativa.

Contras

  • Custo mais alto
  • Não há flexibilidade no roteiro
  • Algumas agências trabalham com hospedagem a partir de um certo número de estrelas, então, dificilmente você encontrará alternativas como hostels ou aluguel de apartamento, que muitas vezes saem mais em conta.
  • Se a sua viagem for em um pacote e o grupo for chato, vai ter que aguentar até o final e conviver com estas pessoas

Você pode experimentar a primeira viagem sozinha usando uma agência de viagens para ver como é e no seu próximo voo solo, optar viajar sozinha por conta própria planejando cada detalhe. Como disse, é uma questão muito pessoal e o mais importante é viajar, não importa qual das opções você vai escolher.

E você? Já teve alguma experiência e quer compartilhar com a gente?  Coloque nos comentários e ajude outros viajantes!

Compartilhar
Artigo anteriorSea World: atrações imperdíveis para adultos
Próximo artigoIlha Grande: bate e volta a partir do Rio
Cariúcha da gema, amante de um bom livro e de dias chuvosos. Descobriu faz um tempão que viajar sozinha é uma experiência incrível e que muda toda a perspectiva da vida! Agora, se denomina viajante solo por paixão e opção! Idealizadora da Solo Travel Week e do Programa Viajante Solo, seu objetivo é incentivar cada vez mais mulheres a viajarem sozinhas.

13 COMENTÁRIOS

  1. Muito legal o post com os comparativos!

    Mas acho que estamos começando a viver tempos de mudanças, o lado romântico do “planeje você mesmo” pode começar a dar espaço para o lado da comodidade de ter um roteiro feito por uma agência, sem perder a felxibilidade e as oportunidades dos “prós” ai muito bem listados pela Denise. Muitas agencias e operadoras já investem em personalizar roteiros e dar toda a consultoria para os viajantes, principalmente as operadoras/agencias de pequeno ou medio portee locais. Elas tem esse tempo para investir e criar roteiros personalizados como um diferencial, assim, todos os “contras” aqui listados, podem ser derrubados por esse novo comportamento do mercado. Mas como falei, o importante é procurar as agencias/operadoras certas para não cair em uma roubada (como de uma ai das leitoras que fez um comentário). Também não adianta procurar grandes agencias, elas normalmente buscam volume pra garantir preços baixos em pacotes e ai a coisa fica mais engessadas, o custo de tempo e investimento de mão de obra-pra personalizar em grande escala é alto pra elas e por isso dicilmente elas vão investir num atendimento muito personalizado como as agencias/operadoras locais e menores, podem e querem fazer.
    Enfim, não tem certo ou errado, tem estilos, mas posso garantir que já é possível encontrar agencias que personalizem esses roteiros, e como a Denise explicou, quem não tem experiência ou tempo, encontrar um especialista para ajudar é sempre bem vindo! Boas viagens para todos!

    • Fábio, tudo bem ? Eu não acho que o lado romântico vai acabar, muito pelo contrário. Cada vez mais as pessoas tem planejado cada detalhe da sua viagem, pois isso já é uma “viagem” antes de sair de casa. Meu argumento é baseado em um grupo com quase 8 mil pessoas, onde a maioria planeja as suas próprias viagens. Planejar, viajar e ter dado tudo certo tem muito a ver com realização também. Isso de maneira nenhuma desmerece o trabalho das agências e os roteiros personalizados feitos por elas, agentes de viagem e até por blogueiros de viagens. Quem escolhe ir por agência, normalmente, não tem tempo disponível, possui dinheiro e quer pagar por estes serviços e pela comodidade que oferecem. O que é ótimo! Outras pessoas, como eu, preferem planejar e pensar em cada detalhe e mudar tudo durante a viagem, se assim desejar. Uma viagem sozinha vai muito além de apenas conhecer destinos. Enfim, cada um tem sua opinião e experiência, seu estilo de viajar e é capaz de julgar o que é melhor para si. Ambas as opções são ótimas! O que vale é ter estas opções a seu dispor e viajar de qualquer forma. beijão

  2. Estou tentando planejar a minha 1ª viagem e sozinha, está complicado, estou com medo, ansiosa. Li as suas dicas, mais mesmo assim ainda tenho medo. Estou tentando ver pacotes para Minas Gerais, São João Del Rey como você sugeriu, mais não encontro. Talvez precise de mais tempo e certeza do que quero. A sugestão da viagem foi da minha Psicóloga, talvez ela esteja certa, é uma forma de me libertar dos fantasmas que me assombram. Se vocês tiverem mais dicas, vou adorar. obrigada pela atenção e beijos para todas.

    • Oi Elisângela, tudo bem ? Olha, medo todos nós, seres humanos, temos. Então, não se preocupe que isso é super normal e voce vai superar. O que não pode acontecer é o medo te paralisar e você deixar de fazer as coisas que gostaria, certo? Tente entender medo do que você tem para trabalhar isso melhor com a sua psicóloga. Eu te garanto que depois que você viajar a primeira vez sozinha, vai ver que não há motivo pra tanto medo. Minas é um excelente destino e você estará tão ocupada desbravando as belezas que vai esquecer desse medo rapidinho. E realmente difícil ter pacotes pra lá, mas você pode ir sozinha e quando chegar nas cidades poderá ver uma agencia local se achar melhor para fazer os passeios. Vai conhecer gente nova e vai se divertir. Dependendo da cidade, você poderá fazer tudo a pé e nem precisará de agência, como é o caso de São João Del Rei e Tiradentes, por exemplo, que estão coladas uma do lado da outra. Se precisar de mais alguma ajuda, por favor, me mande um email que tento te ajudar. beijos

  3. Oi Denise! Eu estou planejando viajar para Itália, quero planejar todos os detalhes (sem roteiro fixo), Só tenho um pouco de receio, visto que seria minha primeira viagem para o exterior. Tem algum documento que seja obrigatório além do passaporte? Como carteira de saúde e etc.
    Gostei muito do seu post sobre PID (permissão internacional para dirigir), foi de grande ajuda.

    • Oi Bárbara, tudo bem ? Quem bom que o post te ajudou. Fico super feliz com isso 🙂 Pelo que sei, não há nenhum outro documento necessário, mas sempre viajo com minha Vacina de Febre Amarela em dia e com o seguro de viagem exigido pelo Tratado de Schengen: obrigatoriedade de seguro com o valor mínimo de 30.000 euros para garantir assistência médica em caso de doença ou acidentes. Pra não ter erro, a minha recomendação é que você obtenha todas estas informações junto ao Consulado Italiano, pois as regras mudam e eu ainda não fui para a Itália. Outro local que você pode consultar é o Portal Consular >> http://www.portalconsular.mre.gov.br/antes-de-viajar-1/alerta-aos-viajantes-1/italia E por fim, um blog de uma amiga que tem muitos conteúdos maravilhosos de Itália >> http://italiana.blog.br/ Bom, espero ter ajudado 🙂 Beijos

  4. Já fiz as duas coisas. Prefiro mil vzs organizar tudo a uma agência, pq se der algo errado será somente pq eu fiz escolhas erradas. Ao contrário do que a Denise fala a agência não resolveu meus problemas e não me avisou de exigências de voos internos na Europa quando fui através de uma, tive que me virar. Só usaria agência para países onde mulheres viajando sozinhas correm risco a sua integridade física por questões culturais.

    • Oi Dany, tudo bem ? Obrigada por compartilhar sua experiência! É sempre útil para as outras viajantes ler experiências diferentes. As minhas experiências com agências sempre foram boas, mas assim como você prefiro organizar cada detalhe da minha viagem. Você tem razão quanto a usar agências como segurança. Existem alguns países que não são muito amigáveis a mulheres viajando sozinhas 🙂 Obrigada pela visita! Feliz Páscoa!

  5. Gostei das dicas, acho que se fosse pra um país que eu não soubesse o idioma eu faria como voce falou, numa 1a vez iria com agencia e depois sozinha… mas realmente o planejamento é a chave!!

  6. Ótimas dicas! Acho que para decidir a pessoa precisa ponderar os prós e contras e principalmente saber qual é o seu perfil de viajante, isso vai ajudar na escolha!

  7. Adorei a lista de comparativos de contras e prós! Concordo com elas.
    E vai depender muito da experiência do viajante e sua paciência de planejar uma viagem, né?
    Parabéns pelo post.

  8. Viajar sozinha é o máximo!!! rs Na maioria das vezes, é tranquilo planejar tudo sozinha, mas recomendo agência, caso a pessoa esteja insegura quanto a fazer td sozinha e não tenha experiência com isso. Além de que, a gente acha q tudo na internet é mais barato, mas eu já trabalhei em agência e comprei várias passagens/hotéis etc com desconto por eles então sei que o segredo é pesquisar sempre!

DEIXE UM COMENTÁRIO! VOU ADORAR!

Please enter your comment!
Please enter your name here