Iberostar Grand Amazon Cruzeiro pelo Rio Negro | Viajante Solo

O Iberostar Grand Amazon oferece dois passeios: um de 3 noites e que você pode conferir o roteiro completo no artigo Cruzeiro pelo Rio Solimões; e o outro de 4 noites, Cruzeiro pelo Rio Negro e que vamos falar neste artigo. Eu fui muito privilegiada, pois fiz os dois e tive uma experiência maravilhosa de 7 dias. Te digo que conhecer a Amazônia em um cruzeiro 5 estrelas é simplesmente sensacional!

Neste artigo você terá uma visão geral do roteiro do Cruzeiro pelo Rio Negro com a descrição dos passeios que tive a felicidade de fazer. Foi simplesmente maravilhoso!

Roteiro 4 noites – Rio Negro

Dia 1 – Check in e Pôr do Sol

Para quem, como eu, já vinha do Cruzeiro pelo Rio Solimões, a segunda-feira é dia de relax. Você pode ficar a bordo e curtir as instalações do navio ou dar uma volta pela cidade para conhecer outras atrações. Como acordei muito cedo para ver o nascer do sol e o Encontro das Águas, acabei ficando por lá mesmo só curtindo. Olha o nascer do sol que tivemos, se animou?

Cruzeiro pelo Rio Solimões Nascer do Sol | Viajante SoloA partir de 15 horas o check in é liberado e o navio zarpa às 18 h. Depois de se acomodar na cabine maravilhosa, hora de conhecer seus companheiros de passeio e no deck há um Open Bar com muitos drinks especiais.

Cruzeiro Pelo Rio Negro Drinks no Deck | Viajante SoloAntes do navio sair você pode fazer belas fotos do pôr do sol junto com a Ponte Rio Negro, mas nesse dia o sol não tava muito animado. Mas é lindo mesmo assim, não?

Cruzeiro pelo Rio Negro Por do Sol | Viajante Solo

Às 19 horas fomos convidados para um brinde com os chefes de equipes e o Comandante Tadeu, e lá também assistimos ao vídeo com as instruções de segurança e soubemos os detalhes do nosso roteiro. São tantas as atividades que você vai ficar doidinho e super animado!

Cruzeiro Rio Negro Brinde Tripulação | Viajante Solo

Depois do brinde, hora de saborear as delícias gastronômicas servidas no Restaurante Kuarup, a partir de 20 h. Sinto informar que essa parte é a perdição do passeio. Impossível resistir a tantas opções e delícias. Mas não se preocupe, pois tem uma pequena academia, onde você poderá fazer esteira admirando o rio 🙂

Cruzeiro pelo Rio Negro Jantar | Viajante Solo

Dia 2 – Caminhada na Selva e Passeio na região de 3 Bocas

Eu sou a louca do nascer e pôr do sol, então minha rotina no navio era sempre acordar às 5:30 e não perder nenhum detalhe. Cada dia uma paisagem mais alucinante!

Cruzeiro pelo Nacer do Sol | Viajante SoloE depois de um café da manhã reforçado, hora de encarar a caminhada na selva, na região do Jaraqui. Cruzeiro pelo Rio Negro Café da Manhã | Viajante SoloFomos de lancha até o local, mas era bem pertinho de onde estávamos atracados. A trilha é leve e, mesmo os que estão um pouco fora de forma, podem fazer. Os caminhos foram sendo abertos a facão pelo nosso super guia Conrado, que sabe muito da mata, pois ele é da tribo Macuxi. Nos ensinou sobre as plantas com propriedades medicinais, costumes e muitas outras coisas que vou contar em outro post.

Respirar aquele ar puro é simplesmente arrebatador! Eu estava curtindo tanto que mal fiz fotos do passeio. Me entreguei de verdade ao momento e entrei em sintonia com a nossa linda floresta amazônica.

Caminhada na Mata | Viajante Solo

Na volta do passeio, uma excelente palestra chamada Introdução à Amazônia com muitas informações interessantes para você entender onde está, além da visita a Ponte de Comando, onde poderá conhecer a equipe que nos conduz de maneira segura pelos rios.

Cruzeiro Rio Negro Ponte de Comando Iberostar | Viajante SoloNa parte da tarde o passeio em lancha foi pelos igarapés entre as ilhas do Arquipélago de Anavilhanas, em uma região chamada de Três Bocas. A tarde estava fantástica e os espelhos d’água me magnetizaram de tal forma que fiz umas 400 mil fotos. Uma tranquilidade e uma beleza que são difíceis de colocar em palavras e mesmo em imagens. Fiquei completamente extasiada com as paisagens.

Cruzeiro Rio Negro Tres Bocas

Cruzeiro Rio Negro Passeio Lancha | Viajante SoloAnoiteceu e tivemos o privilégio de ver corujas, pássaros e um lindo filhotinho de jacaré. Sem contar com o céu de estrelas acompanhado pelo sensacional som da mata. Meu coração pulava com tantos sentimentos!

Na volta ainda tivemos show de mpb no deck com o Luiz Epifânio e nossos queridos guias da Banda Suvaco de Cobra. Entre drinks, dancing e muita alegria, o dia terminou e fomos dormir felizes!

Confira as tarifas do Iberostar Grand Amazon no período da sua viagem

Dia 3 – Visita a Comunidade e à Casa de Caboclo e Focagem de Jacaré

E o dia nasceu assim… com esta vista deslumbrante da varanda da minha cabine. Tem como não ser feliz?

Iberostar Grand Amazon Nascer do Sol da Varanda | Viajante Solo

Nosso primeiro passeio foi na Comunidade Três Unidos, um núcleo de conservação e sustentabilidade, onde pudemos conhecer muitos detalhes do projeto e de como eles vivem por lá. Mas vou contar todos os detalhes desta comunidade, em breve.

Rio Negro Comunidade 3 Unidos | Viajante SoloDepois de conhecermos a história da comunidade e passearmos por ela, vermos macaquinhos, tucanos e ainda brincar com as crianças, chegou a hora de se refrescar no Rio. Gente, com o calor que fazia, não teve coisa mais deliciosa, refrescante e relaxante. Espertinha que sou, deixei as compras de artesanato pra depois e me joguei na água, evitando aquela gritaria e animação do grupo. Tranquilidade ao grau máximo!

Rio negro Banho de Rio Tres Unidos | Viajante Solo

Mas como tudo que é maravilhoso dura pouco, nossa visita chegou ao fim e voltamos ao Ibero.

Denise Tonin Comunidade Tres Unidos | Viajante Solo
Felicidade Grau 1000 depois do banho de Rio

Tivemos uma palestra muito interessante sobre os peixes amazônicos e pra quem tem energia, aula de hidro com André Albuquerque. Pensou por algum momento que ficaria entediada 7 dias em um navio? Já aviso que é impossível!

Iberostar Hidroginástica | Viajante SoloNa parte da tarde há dois passeios no mesmo horário: pesca de piranha e passeio em lancha na região do Ariaú. Mais uma vez, deixei a pesca de lado e fomos passear pela região e conhecer a casa do Seu Doriam, as margens do Rio Ubim, onde pudemos experimentar uma deliciosa tapioquinha com café quentinho. Bom, daí você entende que o que comemos no Sudeste, chamado de Tapioca, não tem nada a ver com a Tapioca do Norte 🙂

Rio Negro Casa de Caboclo | Viajante SoloPassamos também em frente da comunidade São Thomé, ajudada pelo Caldeirão do Huck há uns anos atrás e nossa tarde terminou assim.

Final de Tarde Lago Ubim | Viajante Solo

A noite a programação estava recheada com jantar e o show do guia Piro, onde toca e fala sobre cada um dos instrumentos milenares de sopro. Muito lindo!

Iberostar Show Piro | Viajante Solo

Mas a noite ainda não acabou e vamos para a Focagem de Jacaré. Acho que 90% dos hóspedes aderiram ao passeio. Navegar pelo rio a noite é mais do que emocionante, podendo escutar (de novo) o som da mata e se deliciar com o céu exuberante de estrelas e uma linda lua para brindar esse momento. Durante o passeio, nosso guia, Luiz Epifânio nos mostra preguiças, corujas e, por fim, o tão esperado jacaré caiman (me corrijan se errei a “marca” do bichinho).

Rio Negro Focagem de Jacaré | Viajante Solo

Leia também >> Como é a expedição para focagem de jacarés

Dia 4 – Passeio em Ariaú, Interação com Botos e Museu do Seringal

A quinta-feira e último dia à bordo começa bem cedo, às 05:45, com a lancha levando o pessoal para ver o nascer do sol no meio do Rio. Preferi o deck (para as fotos é bem melhor) e o cafézinho preparado com todo carinho para os que acordaram à 5 da manhã.

Rio Negro Nascer do Sol | Viajante Solo

No café da manhã a animação já era visível, pois o próximo passeio era a interação com os botos cor de rosa. No ano passado eu já havia feito esse passeio em outro flutuante e não via a hora de repetir a experiência. A grande diferença é que desta vez o local foi uma praia rasa e haviam vários botos que se enroscavam nas nossas pernas e interagiam sem parar. Uma experiência maravilhosa!

Rio Negro Interação com Botos | Viajante Solo

Depois de curtir os tucuxis ainda passeamos pela região Acajuba, explorando os igarapés para admirar a floresta inundada, além de observar os animais.

Os botinhos tem uma quantidade certa de comida que pode ser ingerida diariamente e quando acaba, não tem choro, nem vela. É para o bem deles. Para que todos possam participar dessa interação, uma lancha para de cada vez na praia. Fomos a primeira a encostar e depois fomos divididos em 2 grupos de 10 para que todos pudessem aproveitar bem e fazer muitas fotos. 

Rio negro Macaco de Cheiro | Viajante Solo
Macaquinhos de Cheiro

Ao voltarmos para o Ibero assisti a uma palestra sobre os pássaros da Amazônia. Nem dá para contar aqui tudo o que aprendi nestas palestras, mas posso dizer que os meninos (guias) sabem muito a respeito da região.

A tarde fomos visitar o Museu do Seringal Vila Paraíso localizado na região do Tarumãzinho. Inaugurado em 2002 é uma iniciativa do Governo do Estado e mostra a era de ouro do ciclo da borracha. Este museu foi criado originalmente para servir de set de gravações do filme A Selva, dirigido por Leonel Vieira, que fala sobre a economia e a sociedade no início do século XX.

Iberostar Visita Museu do Seringal | Viajante Solo

O jantar desta noite é um jantar especial. Eles chamam de jantar de gala,  mas não, não colocamos vestidos longos em plena Amazônia. É um jantar especial onde somos recebidos pelo Comandante Tadeu e pra mim, pessoalmente e pela relação de 3 anos com essa equipe maravilhosa do Iberostar Grand Amazon, um jantar de despedida breve, porque pretendo voltar. Um jantar pra agradecer todos os mimos e o carinho enorme que eles dedicaram a todos nós para que tivéssemos um cruzeiro pra lá de especial. Inesquecível é a palavra certa. Obrigada de verdade, amigos!

Rio Negro Jantar de Gala | Viajante SoloE pra começar o encerramento da noite, assistimos ao Show Folclórico idealizado pelo Piro, nosso super guia com mil talentos. O show conta sobre o boi bumbá e pra quem quer saber mais sobre o assunto, pode acessar o post Festival Folclórico de Parintins.

Iberostar Show Folclórico | Viajante Solo

Nosso super DJ André Albuquerque assumiu a pickup e teve dancing até o último suspiro. Mais um dia espetacular!

Dia 5 – Nascer do Sol, Encontro das Águas e Check Out 

Dia de desapegar da sua cabine amada e voltar pra realidade, mas não antes de ver o sol nascer com direito ao Encontro das Águas do Rio Negro e Solimões escutando música clássica e com narrativa explicando o fenômeno.

Rio Negro Encontro das Aguas | Viajante Solo

Rio Negro Nascer do Sol Sexta | Viajante Solo

Fica difícil dizer o quanto amei a experiência, mas espero ter passado um pouquinho do quão maravilhosa é. Talvez para mim que já conheça essa tripulação maravilhosa há alguns anos (por motivos profissionais), tudo tenha sido mais especial. Mas duvido de verdade que você possa não gostar. Se tiver alguma dúvida, basta colocar nos comentários que terei o maior prazer em ajudar.

O Viajante Solo fez este passeio à convite do Iberostar Grand Amazon, porém o texto é isento e reflete a minha experiência real durante os dias do Cruzeiro.

Informações Práticas

Iberostar Grand Amazon

Saída: segundas e sextas às 18h, do Porto de Manaus. Check in a partir de 15h.
Chegada: segundas e sextas, às 8h no Porto de Manaus.
Valores: a partir de R$ 2.775,96, quarto casal (Atualizado Jul 2018). Consulte os valores na época da sua viagem, pois os preços variam de acordo com o tipo de cabine e passeio.
All Inclusive: todas as refeições inclusas com bebidas alcoólicas, passeios e atividades de entretenimento.
Crianças: somente a partir de 8 anos

 

Passo a Passo para Viajar Sozinha

10 COMENTÁRIOS

    • Lu, é um passeio demais mesmo, ainda mais se você fizer os dois cruzeiros de uma vez só. 7 dias muito divertidos. Aos poucos estou escrevendo sobre cada passeio do Cruzeiro. Muito legal 🙂 Obrigada pela visitinha! Beijokas

    • Pati, eu já conhecia o navio por conta de trabalho, mas não tinha ideia do Cruzeiro em si, pois a minha experiência era um fretamento e outro trajeto. Fiquei totalmente encantada e poderia ter ficado mais uma semana passeando de lancha por lá. hahahaha Espero que você faça em breve! Obrigada pela visitinha! Beijão

  1. Olá, Denise,

    Eu estou deliciada de ver, através do seu artigo, como a natureza se mostra grandiosa e encantadora nesta região que você visitou.
    Considerando um passeio igual para mim…
    Abração!
    Lena

    • Leninha, você ainda verá todas as fotos e vai ter certeza que não tem como passar nessa vidinha sem conhecer a Amazônia ou pleo menos parte dela! Obrigada pela visitinha 🙂 Beijos

DEIXE UM COMENTÁRIO! VOU ADORAR!

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.