Como saber quais são os destinos mais seguros para viajar sozinha

Viajar sozinha causa apreensão na maioria das mulheres e, quase sempre, o sentimento está relacionado a sair da zona da conforto na sua própria companhia. Acabamos ficando com medo e inseguras em locais desconhecidos e diferentes. Quero te fazer uma pergunta: você acredita que exista algum destino turístico 100% seguro no mundo? Se você acompanha as notícias internacionais, imagino que a sua resposta seja não. Claro, que estou falando de destinos bem turísticos, que é o que a maioria das pessoas busca para a sua viagem de férias. E como saber quais são os destinos mais seguros para viajar sozinha? Aí é que está…

Leia também

7 Fatos Impostantes sobre viajar sozinha  (pra saber antes de viajar)

20 dicas de segurança para viajar sozinha

Completamente seguros, não acredito que exista. Botamos o pé pra fora de casa e já estamos correndo riscos no mundo em que vivemos. E não digo isso pra assustar, de maneira nenhuma. Digo para que você entenda que tem duas opções: se trancar em casa ou sair e tomar algumas atitudes para que os riscos sejam menores.

O que existe hoje em dia são países com índices de violência mais baixos, com pouca probabilidade de atentados terroristas; países onde há somente batedores de carteira – e não assaltantes violentos e armados com fuzil, como é o caso da cidade onde moro. Outros destinos não possuem histórico de terremotos ou tsunamis e existem aquelas cidades bem pequeninas, onde todo mundo se conhece e, raramente, acontece algo fora do normal. Mas sempre que botamos o pé fora de casa, estamos correndo algum risco, certo?

Não esqueça de contratar o seguro viagem!  Faça uma cotação nas melhores seguradoras e escolha o plano ideal para você e para o seu estilo de viagem.

Mas, então, não vamos mais viajar sozinhas por conta disso ? Pode ser uma opção para algumas pessoas, mas para aquelas que – como eu – querem viajar de qualquer maneira, há maneiras de saber quais são os destinos mais (ou menos) seguros e amigáveis para viajar sozinha.

Como avaliar se um país é seguro para VOCÊ viajar sozinha

A primeira coisa que devemos pensar é: qual a nossa percepção sobre esse destino? O que sabemos sobre ele é verdade? Nossa informação é atual? Tem base em fatos reais ou em algo que você ouviu por aí? Te explico o que estou querendo dizer, pois às vezes escutamos “coisas” nas mídias sociais ou de pessoas próximas e levamos isso como verdade. Por que devemos ter cuidado com isso ? Porque…

  • as fake news (notícias falsas) rolam soltas na internet;
  • existem as percepções de pessoas que nunca estiveram naquele lugar, mas tem preconceitos bem definidos! WTF, como pode? Lembro a você que a percepção é a impressão ou intuição e, nem sempre, está baseada em fatos reais.
  • tem o mercado de turismo que quer te vender somente as qualidades daquele destino e, como disse, é preciso avaliar bem.

Já reservou hotel ou hostel para a sua viagem sozinha ? Encontre o hotel ideial e confira as melhores tarifas com cancelamento gratuito!

Então, o que precisamos é buscar a nossa verdade sobre aquele lugar para que a gente possa tomar uma decisão consciente, baseada em fatos reais e que seja um destino que tenha a ver com o que a gente gosta, quer descobrir e quer estar .

Tem outro fato importantíssimo que deve ser levado em consideração: cada pessoa tem os seus limites, suas regras e seu gosto. Por exemplo, eu, Denise, não quero viajar para destinos onde preciso zelar pela minha segurança a cada 5 minutos. Já faço isso no Rio de Janeiro o tempo todo e, quando viajo, quero justamente relaxar mais.

O que podemos observar para avaliar

A Índia é considerada um dos piores países para as mulheres
A Índia e considerada um dos piores países para mulheres – Imagem de Pexels

Fiquei pensando o que podemos observar para fazer uma avaliação de acordo com o nosso estilo de viajar, nossos limites, etc. O que é preocupante pra você, talvez não seja pra mim e vice-versa.

Fatores Ambientais

  • desastres naturais, como: terremotos, ciclones, tsunami.

Fatores Políticos

  • guerra, países em situação de conflito ou pós conflito

Em 2002, fui sozinha para Angola a trabalho. Neste período o país passava por um momento delicado com o fim da Guerra Civil Angolana. Jonas Savimbi, líder do movimento UNITA, acabara de ser morto. O exército estava na rua e fui parada por ele diversas vezes por estar com câmeras de vídeo profissionais (meu trabalho era de vídeo e estávamos captando imagens para a inauguração de um shopping). Também não podia andar sozinha em Luanda, por ser extremamente perigoso. Tinha um motorista grudado no meu pé, dia e noite. Meu hotel – único decente em Luanda – estava lotado de guerrilheiros e suas famílias. Foi uma viagem bastante complicada. Daí eu te pergunto: você iria passear em um destino que está passando por esta situação? Talvez sim, talvez não.

Confira os planos para comprar um chip com internet  entregue na sua casa no Brasil. Você chega ao seu destino já conectada e não precisa perder tempo com isso. Fácil e prático!

Fatores Sociais

  • violência, alto índice de crimes, corrupção, discriminação de raça, gênero, orientação sexual, violência contra a mulher, disparidades econômicas (muita riqueza X muita pobreza).

Fatores Culturais e Religiosos

  • países que tem religião e/ou aspectos culturais que oprimem a mulher.
Piores países para mulheres (2018)

A Thomson Reuters Foundation fez uma lista, em 2018, com os mais perigosos países para as mulheres, levando em consideração vários aspectos, como: discriminação, tradições culturais, violência, violência sexual, saúde e tráfico humano. A Índia figura em primeiro lugar, seguida pelo Afeganistão e Síria.

Onde buscar informações sobre os destinos

Sites governamentais

A maioria dos sites onde dá para encontrar informações mais completas são os de governos e a maioria deles estão em inglês (Use o Google Translator).

Tem também o World Health Organization voltado para a saúde com alertas de epidemias e surtos de doenças ao redor do mundo.

Outra fonte confiável é buscar informações nos sites de Consulados e Embaixadas do destino para onde pretende viajar. Geralmente, há uma área com recomendações para os visitantes, assim como todas as informações sobre documentos de viagem e vistos.

Como saber os destinos seguros para viajar sozinha
Segurança sempre deve vir em primeiro lugar 😉

Outras fontes de informação sobre os destinos

  • Sites oficiais do turismo dos destinos >> procure por visit X (nome do destino) ou nos sites dos ministérios do turismo. Sempre há recomendações de segurança.
  • Blogs de Viagens >> claro, né? Pessoas reais que estiveram nos destinos e compartilham as suas experiências.
  • Amigos e Familiares >> procure por amigas (os) e familiares que já estiveram no lugar e ouça o que eles tem a dizer. Faça perguntas.
  • Jornais Locais / Notícias >> jornais locais do destino sempre trazem as últimas notícias ee você pode ter uma ideia do que está se passando por lá atualmente. Não fala o idioma ? Coloque no Google, pelo menor os títulos das principais notícias e pronto.
  • Twitter >> apesar de eu não ser fã e nem usar a rede, o Twitter sempre traz as notícias mais quentinhas. Vale dar uma olhadinha.
  • Fóruns de Viagem e Grupos no Facebook >> Assim como nos blogs, você pode fazer a sua pergunta e encontrar pessoas que já estiveram nos destinos e podem te dar uma ideia de como se sentiram lá. No grupo administrado por mim no Face, Viajar Sozinha: Dicas & Experiências.

Algumas coisas para levarmos em consideração na hora de decidir

Islândia, considerado um dos países mais seguros do mundo – Imagem de Pexels

Mesmo que você leia mil blogs, 400 sites e acompanhe todas as notícias sobre um determinado lugar, não existe garantia alguma de estar 100% segura por lá. Temos que lembrar que existe o que chamamos de casos fortuitos ou de força maior. Coisas que não temos qualquer controle. Você pode estar no país considerado um dos mais seguros do mundo e acontecer algo de ruim com você. Aquela história de estar na hora e no lugar errados, sabe? Tem algo a fazer sobre isso ? Não. A não ser ficar trancada em casa.

Existem mil listas na internet e tudo bem quanto a isso, mas devemos lembrar que elas são desenvolvidas de acordo com a experiência e/ou percepção do autor. E daí voltamos na questão de que cada pessoa tem seus limites, suas regras, seu gosto, sua disposição, paciência, etc. Por exemplo, a Índia não está na minha lista de destinos dos sonhos e é considerada um dos piores países paras mulheres. Mas uma coisa é fato: é um país lindo, com uma cultura riquíssima, conheço várias mulheres que já foram sozinhas, estão ótimas e amaram a experiência. Mas não é uma experiência importante pra mim.

Também precisamos entender que, porque há um problema em um país, não significa que TODO o país é um lugar perigoso e você não pode ir conhecer. Por isso, é importante a gente se aprofundar nas pesquisas sobre o destino para tomar a decisão certa para o nosso estilo de viagem.

Bom, espero que você goste das dicas e se tiver mais alguma a acrescentar, deixe nos comentários.

Encontre o melhor hotel para a sua viagem solo

Viaje Conectada! Chip internacional entregue na sua casa!

Seguro Viagem com desconto!

Vai alugar um carro? Encontre as melhores locadoras e preços!

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO! VOU ADORAR!

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.