Viña Cousiño Macul um passeio de bicicleta pelos vinhedos | Viajante Solo

Viña Cousiño Macul está localizada na região metropolitana de Santiago, em Penalolen. Para chegar até lá por conta própria, basta pegar o metrô até a estação Quilin, Linha 4 Azul e de lá pegar um táxi por mais 5 minutos. Eu explico todos os detalhes neste post:

Viña Cousiño Macul: como chegar por conta própria

Cousiño Macul foi fundada em 1858 por Matías Cousiño e seu nome deriva do sobrenome do fundador e do local onde foi construído o primeiro prédio, em Macul, no Valle del Maipo. Seria algo como: o prédio de Cousiño em Macul. Macul é uma palavra da língua quechua, usada pelos nativos antes do descobrimento da América, e quer dizer mão direita na tradução livre.

Hoje a vinícola é gerenciada pela sexta geração da família Cousiño e é a unica entre as estabelecidas no século XIX, que continua nas mãos dos descendentes diretos do fundador.

Na equipe de enológos, Pascal Marty – formado na Universidade de Bordeaux, França – e responsável direto pelo lançamento do vinho premium Lota em comemoração aos 150 anos da vinícola; e Gabriel Mustakis – engenheiro agrônomo pela PUC do Chile, que já desevolveu grandes trabalhos em vinhedos e bodegas na Nova Zelândia, Espanha e Estados Unidos.

Viña Cousiño Macul Enologos | Viajante Solo
Pascal Marty, brasão da Cousiño e Gabriel Mustakis (Imagem dos enólogos extraída do site cousinomacul.com/)

O passeio de bike nos vinhedos

Decidi fazer uma coisa um pouco diferente dos passeios tradicionais nas outras vinícolas e, com certeza, muito mais charmoso também: bike pelos vinhedos e com direito a degustação!

Viña Cousiño Macul Bike La Bicicleta Verde | Viajante Solo

Claro que antes me certifiquei de que a dificuldade era fácil e realmente é, considerando que o terreno em todo o passeio é plano. São 4 km de pedalada e uma subidinha no final, mas nada grave.

O passeio de bike é organizado pela La Bicicleta Verde, empresa que oferece várias tours em Santiago. Eu fiz a minha reserva e pagamento pela internet e tudo funcionou super bem. Eles te mandam e-mails de reminder do passeio com todas as instruções. Achei tudo muito prático! O preço é de 50 dólares e inclui: 3 degustações de vinhos (mas fizemos 4), passeio de bike e visita ao interior da vinícola.

As bikes estão em boas condições, possuem marcha e cestinha, o que facilita pra levar as tralhas. Eles te dão uma garrafa de água e também tem disponíveis os capacetes, caso você queira usar.

Viña Cousiño Macul Bikes da Bicicleta Verde | Viajante Solo

A primeira parada é no sol com vista para as cordilheiras que, neste dia, não estavam tão visiveis por causa daquele “fog” típico de Santiago (aquela poluiçãozinha básica). Mas não tirou a beleza de maneira nenhuma!

Viña Cousiño Macul Primeira Parada Vinhedo | Viajante Solo

Nesta época, você vai encontrar os vinhedos sem uvas e as parreiras ainda pequeninas, mas acho que vale a pena a visita de qualquer maneira, ainda mais de bike!

Lyz, nossa guia da Bicicleta Verde começa as suas explicações que não vou contar, porque o passeio perderia a graça pra vocês. O importante é reforçar que o passeio é muito legal e divertido!

Viña Cousiño Macul Primeira Parada com vista para a Cordilheira | Viajante Solo

Queria falar uma coisinha só… ela explica o porquê do Chile ser tão rigoroso na entrada do país: eles não tem nenhum tipo de praga nas plantações! Uau!!!

Viña Cousiño Macul Folha | Viajante Solo

Mais umas pedaladas com a brisa batendo e um sol brilhante deixando tudo mais colorido e chegamos na segunda parada: sombrinha! Ufa!

Viña Cousiño Macul Segunda Parada | Viajante Solo

Hora da vista para a cidade! Lindo Demais!!!!

Viña Cousiño Macul vista cidade | Viajante Solo

E o momento tão esperado do dia: a degustação em meio aos vinhedos. Confesso que não lembro o nome do vinho! rs rs Mas lembro – mentira foi o Google – dos 4 S da degustação: See (Ver), Swirl (girar o vinho no copo fazendo um redemoinho), Smell (Cheirar) e Sip (Sorver). Eu acrescentaria o quinto S de Sleep (Dormir), porque bateu um soninho bem bom…

Viña Cousiño Macul Degustação |Viajante Solo

Um tempinho para fotos e relax e, hora de voltar. Ui…..

Viña Cousiño Macul Vinhedos | Viajante Solo

Pedala…pedala… Cadê a brisa? Ok, você consegue! Eu consegui! O difícil na volta é aquela subidinha que falei que é relax … com um tiquinho de vinho na cabeça e o sol batendo forte na moela, já viu, né? Tenho uma dica! Desce da bike, que nem eu fiz, e sobe empurrando até a parte plana.  Fui a precursora do grupo, mas não a única a fazer isso, viu? he he OK, atletas, podem rir de mim!

Falando em atletas, não posso fazer nada de bike sem lembrar da insuperável Carol Strussmann! Dá uma passadinha no blog Viagens da Carol que você vai encontrar muitas aventuras inspiradoras!

Viña Cousiño Macul Subidinha | Viajante Solo
Final da subidinha. Viu como é mole?

A tour dentro da vinícola

O passeio no interior da vinícola é bem rápido. Você vai conhecer os tanques de armazenamento e depois visitar as bodegas subterrâneas. Não vou dizer que é chato, mas depois do passeio de bike fica meio simples demais… rs. Você vai conhecer todo o processo de preparação do vinho em uma tour que dura, aproximadamente, 25 minutos e que encerra na loja com o restante da degustação.

Viña Cousiño Macul Visita na Vinicola | Viajante Solo

Além do vinho branco degustado nos vinhedos, ainda foram servidos mais três vinhos: Finis Terrae, Isidora Rosé e Antiguas Reservas. Todos excelentes e com preços que cabem no bolso.

Cousiño Macul Vinhos Degustação | Viajante Solo

O super vinho premium deles é o Lota que custa, aqui no Brasil, uns 400 reais (!!!) a garrafa… Como não estava focada em compras, peço desculpas, mas não me lembro o preço de lá, com certeza, bem mais em conta!

Viña Cousiño Macul Vinho Premium Lotta | Viajante Solo

O que você não pode esquecer 

O grau de dificuldade do passeio de bike é fácil, porém considere, caso vá em Outubro como eu, que estará calor, que Santiago é SECO, que o sol é bem forte e que o horário dessa tour é 11 da manhã! Passe protetor solar, use roupas leves e óculos escuros. Beba bastante água!

People, foi o passeio mais legal que eu fiz em Santiago! Vale muito a pena! Não consigo imaginar este passeio sem a bike nos vinhedos, pois fica extremamente sem graça! Ainda mais na época em que as parreiras estão pequenas e que você não tera a oportunidade de ver a colheita e o manuseio das uvas. Mesmo se você não estiver na melhor forma dos mundos, vai na fé, que você consegue! Como falei é super tranquilo!

E pra finalizar, deixo aqui um vídeo para você se inspirar

Cousino Macul Vineyard Corporate Video from Cousino Macul on Vimeo.

Confira todos os posts sobre Chile Solo: Santiago & Arredores

Viajante Solo Siga no Instagram

17 COMENTÁRIOS

  1. […] Na Cousino Macul eles também têm um famoso tour de bike, que é organizado pela La Bicicleta Verde, uma empresa que oferece vários tours em Santiago. A Denise, do Viajante Solo, experimentou essa aventura e conta tudo direitinho nesse post aqui. […]

  2. Amei, passeio bem a minha cara: bike + vinho! Te vi carregando a bike na volta (risos!).
    Quando fui à Santiago, visitei a Vinícola Casablanca, com almoço. Foi uma proposta diferente, mas bem legal também! bjs

  3. Que delícia esse passeio. Já gosto muito de passeios de bike, ainda mais nesse cenário lindo! Superobrigada pela dica!
    Agora, sério mesmo, que o Chile não tem nenhuma praga nas plantações??? UAU!!!

    • Me diverti horrores! Eu ainda não editei o vídeo que tá engraçado porque não tinha os acessórios pra Go Pro e a câmera caiu várias vezes….rs Não esquece de passar protetor solar! Eu fiquei um camarão…rs depois me conta! beijos

DEIXE UM COMENTÁRIO! VOU ADORAR!

Please enter your comment!
Please enter your name here