Vinã Concha Y Toro a tour tradicional com a Turistik | Viajante Solo

A Concha y Toro dispensa grandes apresentações, ja que é a vinicola mais conhecida pelos brasileiros por conta do vinho fartamente distribuído por aqui, Casillero del Diablo.

Como eu mesma expliquei em outro post é perfeitamente possível ir até a Concha y Toro por conta própria de metrô + táxi ou até mesmo de carro. Porém, a Concha y Toro não estava na minha programação e acabei indo na véspera do meu retorno, pois sobrou tempo em meu roteiro. A essa altura eu já estava bem cansada da minha independência em Santiago (rs rs) e resolvi fazer a tour tradicional com a Turistik.

Se você quiser ir por conta própria, pode ver as dicas neste post:

Vinã Concha Y Toro: como chegar por conta própria

A experiência com a Turistik

Paguei em Outubro de 2014, o valor de 19.000 CLP, sendo que o valor da Concha y Toro, se você reservar por conta própria, sai a 9.000 CLP. Isso quer dizer que você está pagando 10.000 CLP pelo conforto do ônibus com ar condicionado + o guia + ida e volta a partir do seu hotel. Se você comprar o tour pela internet, terá um desconto de 10% no valor.

Sinceramente? Eu achei que valeu a pena, tanto pelo meu cansaço, quanto pelo lindo caminho e belas paisagens no Valle Del Maipo que pude curtir tranquilamente da minha janelinha e com um ar condicionado prá lá de possante!

A Turistik coleta todos os turistas em seus hotéis e leva para o Parque Arauco, onde eles tem o QG principal no estacionamento. De lá você vai para o veículo da tour que, neste dia, era um ônibus de 39 lugares super confortável. Demoramos uns 10 minutos para sair e, ao longo do caminho, o guia conta alguns fatos a respeito da Conche y Toro e da região. Ao chegar em Pirque, onde a vinícola está localizada, você pode escolher em qual idioma fará a tour: inglês ou espanhol. Se for por conta própria, poderá escolher fazer em português.

A visita pelos vinhedos

Quando chegamos, o guia da vinícola já estava nos esperando e começamos a tour imediatamente caminhando pelos jardins do parque.

Viña Concha y Toro Entrada | Viajante Solo

 O parque da Concha y Toro é realmente belíssimo! E só por isso acho que vale a visita!

Viña Concha Y Toro Jardins | Viajante Solo

No caminho passamos por uma linda cerca viva que chega a Casa de Don Merchor.

Viña Concha y Toro Casa Don Melchor | Viajante Solo

De lá seguimos por caminhos lindos, super floridos e paramos próximo ao vinhedo. Nesta época as parreiras ainda estão pequenas e não há uvas, mas é lindo de qualquer forma! As explicações prosseguem e não vou contar tudo aqui porque perde a graça, caso você vá fazer a tour.

Viña Concha Y Toro Vinhedo | Viajante Solo

Na volta, parada para a primeira degustação com os vinhos Gran Reserva Serie Riberas Camenere e o premium Trio Merlot. A guia explica que o costume dos brasileiros de gelar a garrafa do vinho tinto, devido ao nosso clima tropical, deve ser abolido. Um pouco antes de servir o vinho podemos dar uma resfriada na garrafa, mas jamais deixá-lo na geladeira.

Viña Concha y Toro Degustação Ar Livre | Viajante Solo

A visita nas bodegas

Entramos, então para conhecer as bodegas da Concha y Toro. O prédio tem resistido aos terremotos com bravura, graças a uma construção sólida chamada de “Cal y Canto”, típica no Chile nos séculos XVIII e XIX. Na verdade, esta é uma expressão usada quando queremos nos referir a algo que está fechado de uma maneira hermética e inacessível. Antigamente, quando as pessoas deixavam suas casas por longos períodos e queriam afungentar os gatunos, fechavam portas e janelas com pedras de cantos arredondados e uma mistura cal, areia e clara de ovo.

Viña Concha Y Toro Bodegas | Viajante Solo

A temperatura da bodega é de 14 graus no inverno e 16 no verão, sendo que não há climatização. O chão é regado toda semana para que mantenha a humidade que gira em torno de 70 e 100%. Achei tudo muito interessante!

Chegado o momento tão esperado: a visita bodega Casillero Del Diablo!

Viña Concha Y Toro Entrada Bodega Casillero del Diablo | Viajante Solo

A guia nos deixa lá no escurinho da bodega e…

Conta a lenda do vinho, que em 1883 as cepas que deram origem ao famoso Casillero del Diablo vieram da Europa de navio. Em sua bodega, Don Melchor resolveu guardar, a sete chaves, seus melhores vinhos. Ele percebeu que vários vinhos desapareciam misteriosamente. Don Melchor, então, espalhou o boato de que em sua bodega morava o “coisa ruim”, o Diablo. O boato se espalhou rapidamente e ele pôde desfrutar, tranquilamente, de seus maravilhosos vinhos. Quem quiser ver o vídeo da lenda, clique aqui.

Na saída ainda tivemos mais uma degustação, mas vou ficar devendo o nome do vinho, pois, como não fotografei a garrafa, acabei esquecendo.

Ainda sobra um tempinho para você dar uma passadinha no Wine Bar e fazer uma boquinha rápida – com vinho, é claro – e também fazer umas comprinhas na Wine Store.

Viña Concha Y Toro Bar e Wine Store | Viajante Solo

Como falei antes, a Concha y Toro não estava nas minhas prioridades de visitas as vinícolas. Mas, no final das contas, sendo ou não programa pega-turista, cheio ou não de brasileiros, gostei bastante e a gente sempre aprende um pouquinho mais!

Informações Práticas

Concha y Toro – Tour Tradicional

A Tour Tradicional tem a duração aproximada de 1 hora e é necessário reservar com 24 horas de antecedência, caso vá por conta própria. Os idiomas disponíveis para a tour são: espanhol, inglês e português As visitas acontecem de segunda a domingo de 10 às 17 horas, com exceção aos feriados. Consultar o site para atualizações.

Preços:

Confira todos os posts sobre Chile Solo: Santiago & Arredores

Viajante Solo Siga no Instagram

4 COMENTÁRIOS

  1. Olá, vou para o Chile ainda esse mês e tenho uma dúvida sobre o pagamento do tour pela Touristik.

    Você paga via cartão aqui no Brasil e vem na sua fatura normalmente depois? Ou o pagamento é feito via cartão no ato do tour, ou seja, quando você já está lá?

    Obrigado! <3

    • Oi Anderson, tudo bem? Ao usar o cartão de crédito, lembre-se que pagará IOF e o câmbio será o do dia do fechamento da sua fatura. Comprando pelo site há desconto de 10% e você recebe seu voucher por e-mail. Daí é só aguardar o transporte no horário combinado. Comprando lá, em alguma agência Turistik, tem que ser antes do tour, de repente você também consegue algum desconto. Eu fiz tudo online pela praticidade e deu tudo certo, mas na época não estávamos com toda essa variação cambial. Faça contas e veja o que sairá mais em conta 🙂 Beijos

DEIXE UM COMENTÁRIO! VOU ADORAR!

Please enter your comment!
Please enter your name here