Como viajar sozinha sem falar outro idioma
Photo by Daria Shevtsova from Pexels

Ouço de muitas mulheres que não viajam para fora do Brasil porque não falam outro idioma além do português e se sentem inseguras de se jogarem na estrada. Então, hoje vou te mostrar como viajar sozinha sem falar outro idioma, mas antes quero te contar umas coisinhas.

Leia também >> Primeira Viagem Internacional Sozinha: guia completo

Viajar Sozinha falando inglês

Viajar sozinha sem falar inglês não é uma situação que eu tenha passado na vida, porque minha mãe me enfiou num cursinho de inglês, quando eu tinha 7 anos. Obrigada, mãe e pai! <3 Mas isso não quer dizer que eu seja uma pessoa que tenha o inglês mais maravilhoso do mundo! Agora, eu me viro muito bem e você também pode.

Quando botei o pé em Londres a primeira vez, entendi, que, mesmo tendo estudado praticamente a vida toda, não era uma coisa óbvia se comunicar super bem. Fui praticamente expulsa de um ônibus – sim, aqueles vermelhinhos que todo mundo ama – porque não tinha entendido que não dava pra pagar a passagem com uma nota de valor alto.

Fiquei trancada em uma estação do metrô, porque meu Oyster caiu do bolso e não tinha como sair da estação sem o cartão. Quem disse que eu entendia o que o cara da estação estava explicando pelo telefone da estação? Fiquei presa por mais de 1 hora até que apareceu o tal senhorzinho do metrô.

E, quando perguntei para o recepcionista do meu flat, o que era Overground, que no caso eu me referia ao metrô de superfície, que tinha uma estação atrás do hotel, ele me respondeu que era above ground (acima do solo).

Pois bem, isso só pra te dizer, que até mesmo quem fala inglês, às vezes, pode passar por situações, no mínimo, engraçadas. Claro que o que coloquei aqui foram situações bem leves, mas continuo afirmando que você pode sim viajar sozinha sem falar outro idioma e vou te dar algumas dicas, mas antes…

Estude inglês

Ué, Denise, mas este artigo não é para mostrar como viajar sozinha sem falar outro idioma? Sim, é. Mas preciso te dizer que falar inglês, abre muitos horizontes, não só na viagem, mas na VIDA!

Pode me dar a desculpa que quiser e, simplesmente, vou te falar que é uma questão de escolha. Sim, escolha, porque hoje em dia você estuda praticamente todos os idiomas online e de graça, se quiser.

Você não precisa sentar em uma classe de cursinho, com adolescentes e ficar seguindo um método por 15 anos pra falar inglês ou qualquer outro idioma. Isso mudou completamente!

Também não precisa falar inglês como Obama ou a Rainha Elizabeth. Pode apenas aprender a se comunicar com o básico e vai gostar tanto que vai continuar aprendendo.

Isso aconteceu comigo com o francês. Tenho um caso sério de amor pela França e aprendi muita coisa de ouvido. Praticamente não escrevo, mas ando pra cima e pra baixo pelo país falando “meu francês tosco” com pose de “parisienne” e cagando pro que as pessoas pensam. Olha, me viro muito bem!

Então, seja uma #girlboss ! Aprenda inglês e você verá o mundo se abrindo pra você, não só em relação as viagens, mas na vida como um todo. Sugiro inglês ou espanhol pra começar e ninguém mais vai te segurar em casa! #palavradeviajantesolo

Como viajar sozinha sem falar outro idioma

Escolha países mais fáceis pra começar

Viajar Sozinha para Lisboa Arco da Rua Augusta
Lisboa, Portugal

Se você se sente muito insegura para viajar sozinha pra outro país, pode começar explorando o Brasil e isso vai te dar bastante prática no quesito “se virar” durante as viagens. Agora, se você quer mesmo ir pra fora do Brasil, pode começar por países que falem português ou espanhol.

Você tem ideia de quantos países no mundo falam português? O português é a língua oficial de oito países: Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. Também é falado em algumas regiões específicas pelo mundo.

Agora, vejamos quais países falam o espanhol, um idioma que conseguimos entender e até nos comunicamos falando vez ou outra o “portunhol”. São 21 países: Argentina, Paraguai, Uruguai, Colômbia, Peru, Chile, Equador, Bolívia, Venezuela, El Salvador, Nicarágua, Guatemala, Costa Rica, Cuba, Guiné Equatorial, Honduras, Panamá, República Dominicana, México e Espanha.

Que tal ? Bastante possibilidades, não? Já dá pra começar a cair na estrada pra entender que não é assim tão difícil viajar sozinha e que não falar outro idioma também não é impedimento para viajar.

Pesquise bem o seu destino

Depois de escolhido o destino é hora de arregaçar as mangas e pesquisar sobre o destino para entender como as coisas funcionam. Existe algum aspecto cultural que é diferente daqui ? O que tem para fazer em cada cidade que tem a ver com o que gosto de fazer? Como funciona o transporte público.

Pesquise sobre tudo o que você acha que precisará e parta para a próxima dica.

Faça um roteiro detalhado

Quando falo em fazer um roteiro detalhado, me refiro a colocar o máximo de informações possíveis sobre cada lugar que você irá conhecer. Coloque informações como endereço, como chegar, qual estação de metrô deve descer, etc.

O fato de fazer um roteiro detalhado não quer dizer que você vá ficar presa a ele. É apenas para você ter todas as informações úteis no caso de precisar. E, para não depender da internet, é bom levar uma cópia impressa.

Compre ingressos com antecedência

Se você achar que não vai conseguir se comunicar para comprar um ingresso para entrar em algum museu ou passeio, hoje em dia é possível comprar quase tudo online. Para isso, você precisará de um cartão de crédito internacional.

Pode também olhar, sites como o GetYourGuide que tem todas as informações em português em relação aos passeios no mundo todo!

Leve um guia de viagem

Eu ainda amo e levo guias de papel para algumas viagens. Gosto de sentar num café e ler alguns trechos de locais em que já estive ou que ainda vou. Acho tão bom! Mas, se não quiser, hoje em dia tem muitas possibilidades online para facilitar e não ter que carregar peso.

Vai ser legal ter as informações em português sobre os locais que você vai visitar e que vão complementar as informações que você receberá de guias locais.

Baixe aplicativos de tradução antes da viagem

3 aplicativos de tradução para usar na sua viagem sozinha
Imagem Tofros.com – Pexels

Existem diversos aplicativos de tradução que você poderá usar durante a sua viagem, sendo que o mais conhecido é o Google Translator.

Leia também >> 3 aplicativos de tradução para usar na sua viagem sozinha

Saiba palavras básicas em inglês e no idioma local

É sempre bom a gente conhecer palavras básicas em inglês, que é o idioma mais falado no mundo e também no idioma local.

No idioma local é imprescindível saber: olá, por favor, obrigada e desculpe, pois é o começo de um relacionamento. Comece dando olá na língua local e, com certeza, mesmo não falando nada a pessoa vai tentar ajudar você.

Contrate guias que falem português

Minha amiga, vou te contar uma coisa: a probabilidade de você encontrar um guia brasileiro ou que fale português no mundo, é bemmm alta. É só uma questão de procurar nos grupos de viagem do Facebook, nos blogs de viagem, conversar com “azamigas” que já viajaram para aquele destino. Você verá que não será uma missão difícil.

Tendo um guia que fale português, você conseguirá mergulhar na cultura e entender melhor tudo o que está visitando, além de conhecer mais uma pessoa. Se a grana apertar, pode contratar para o primeiro (os) dias, assim ele vai te explicar como funcionam as coisas na cidade.

Nossa comunicação não se dá somente pela fala

Você já deve ter brincado de mímica na sua vida, não ? Pois é, essa é outra maneira de se comunicar e você vai usar na sua viagem por outros países falando ou não outro idioma.

Eu falo inglês e, se preciso me comunicar com alguém que não fala, como faz? Gestos, expressões, olhar. Você tem seu corpo inteiro para usar pra se comunicar.

Quando cheguei em Cracóvia, meu hotel não tinha ar condicionado. Comi bola, porque não olhei esse detalhe e também não imaginava encontrar o calor de 36 graus por lá. Quando cheguei na porta do meu quarto, a camareira estava saindo. Dei oi e percebi que ela não falava inglês. Ela abriu um sorriso e me explicou em polonês que tinha colocado frutas pra mim na mesa. Agradeci e disse que estava muito calor. Ela pediu que eu esperasse e saiu do quarto. Um pouco mais tarde ela bate a porta. Abro e ela está com um ventilador na mão. Agradei e lá se foi ela pelo corredor do hotel.

Eu falo polonês ? Não. Ela fala português ou inglês? Também não. Esse diálogo todo se deu por idiomas que não dominamos, complementados com expressões, sorrisos e gestos. Nos entendemos e sou muito grata pela gentileza dessa polonesa que fez a minha estadia mais confortável.

Tradutor Instantâneo

Você já ouviu falar dos tradutores instantâneos? São aparelhos que te ajudam na tradução. Você fala em português e ele traduz instantaneamente para o idioma local.

Com o nível de tecnologia que alcançamos hoje, cada dia mais surgem novas opções de tradutores instantâneos. Como ainda não testei nenhum, não vou poder falar se realmente funcionam super bem. Tem vários modelos na Amazon e os preços variam de R$ 300 a R$ 500 (Fev 2020).

Como viajar sozinha sem falar outro idioma  - Tradutor de Voz Inteligente + de 40 idiomas
Tradutor de Voz Inteligente mais vendido na Amazon + de 40 idiomas

Tenha internet no seu telefone

Uso do celular durante a viagem
Imagem Tofros.com

Estar conectada durante toda a viagem e não depender só de wifi, pra minhas viagens, é primordial, além de uma questão de segurança e necessidade profissional. É importante que você possa se comunicar com familiares e amigos, principalmente, se você está viajando sozinha.

Também é importante ter internet para poder usar os aplicativos de mapas, tradução e metrô que serão muito úteis durante a viagem.

Para imprevistos mais sérios

Lembre-se que a gente não tem controle sobre tudo, mas podemos nos precaver com algumas atitudes.

  • Tenha a mão o telefone da Embaixada Brasileira ou Consulado, pois eles podem te orientar em português no caso de uma emergência.
  • Deixe uma amiga (o) que fale inglês por dentro da sua viagem. Se houver uma dificuldade muito grande, essa pessoa pode te ajudar a dizer o que precisa em uma simples ligação de WhatsApp.
  • Esta mesma amiga poderá buscar nos grupos do Facebook alguém que more no seu destino e que possa se prontificar a ajudar.
  • Não saia do Brasil sem um seguro viagem, pois é uma economia burra. No caso de imprevistos com saúde, eles vão te atender em português e te auxiliar.

Leia também no Vivi na Viagem >> Como Viajar para outro país sem falar o idioma local

Bom, acho que deu pra te mostrar que viajar sozinha sem falar outro idioma não é assim tão complicado, sempre há algumas alternativas. Espero que você goste das dicas e que elas te ajudem a colocar o medo de lado e que você se jogue nessa aventura maravilhosa que é viajar sozinha pelo mundo.

DEIXE UM COMENTÁRIO! VOU ADORAR!

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.