fbpx

Guia Viajar Sozinha em Segurança

HomeViajar SozinhaRazões para viajar sozinha (as minhas)

Razões para viajar sozinha (as minhas)

Você corre sérios riscos de se tornar um Viajante Solo

Planner Viajante Solo

JÁ ESTÁ ME SEGUINDO NO INSTAGRAM? BORA VOAR!

28,3k Seguidores
Seguir

Viajar sozinha virou, há muito tempo, o principal jeito de viajar em minha vida e há 7 anos faz parte do meu trabalho. Não comecei a viajar sozinha exatamente por falta de companhia, mas por conta das viagens a trabalho. Quero te contar aqui quais foram as razões para viajar sozinha que me mantiveram na estrada em voo solo ao longo de tantos anos.

Nas viagens a trabalho não tem marido, namorado, amigos, tia, irmã. No máximo um coleguinha que você nem conhece tanto assim e que nem escolheu pra estar ali do seu lado. Mesmo que você não curta viajar sozinha, nas viagens a trabalho você não tem muitas opções. Mesmo que tenha medo, acaba tendo que ir.

Se olho pra trás, posso dizer que pra mim o medo de viajar sozinha não era tão grande assim. Claro, que pensava em mil coisas que poderia dar errado. Óbvio que minha mente criava coisas que não existiam. Tipo: me perder, perder o avião, não entender o que estavam falando comigo, ficar doente, estas coisas.

Depois de tantas experiências, passei a sentir prazer em descobrir novos locais na minha companhia e aproveitar cada segundo das minhas viagens solo e posso dizer que a minha mente já não cria mais tantas ilusões.

Sei que existe muito preconceito a respeito de viajar sozinha. As pessoas nos classificam como coitadinhas sem amigos, ou mal amadas ou sei lá mais o que. Mas confesso que há muito tempo não ligo pra qualquer julgamento, porque sei que isso não é a verdade.

Muitas pessoas tem medo de se aventurar em sua própria companhia. Outras acham que é entediante, pois não tem com quem conversar e compartilhar experiências. O fato é que uma viagem solo pode funcionar para qualquer pessoa, basta você estar aberto a esta experiência.

Mas o que quero contar aqui são as razões para viajar sozinha que fizeram sentido pra mim bem no início da minha jornada como viajante solo.

Leia também

Como viajar sozinha: post índice com todos artigos

Verdades sobre viajar sozinha pra saber antes de viajar

Como fazer amigos viajando sozinha

Como lidar com a família quando você viaja sozinha

Planner Viajante Solo

Liberdade

Quando somos adolescentes queremos muito ser livres pra fazermos o que bem entender, não é mesmo? No final das contas, quando a gente agarra essa liberdade tão desejada, já nem fazemos tanta questão de fazer mil coisas.

Mas essa liberdade total que tanto sonhamos é possível encontrar quando viajamos sozinhas. Quando encaramos uma viagem solo, podemos  fazer o que realmente desejamos fazer, na hora que quisermos, com quem escolhermos, onde decidirmos.

Não há amarras, não há negociação, não há consentimento, não há muros. É um momento de se encarar de frente e de conhecer de fato o que você gosta ou não gosta de fazer, de ser, de falar!

Flexibilidade

Sempre fui uma pessoa controladora e a flexibilidade nem sempre foi fácil pra mim. As viagens solo acabaram me mostrando como é bom ser flexível, aceitar mudanças, mudar a forma de fazer as coisas.

Quando viajamos sozinhas podemos ser flexíveis com nós mesmas, com nosso roteiro e até com o destino, mudando com a direção do vento, se assim acharmos legal.

Se acordamos e está chovendo podemos, por exemplo, ficar na cama e dormir até mais tarde. Não precisamos negociar qualquer desejo ou atitude com ninguém!

Se você chega em uma cidadezinha, onde planejava ficar apenas uma noite e se apaixona por ela, pode ficar mais um dia e sair para explorar os arredores. Ninguém ficará chateado com a sua decisão.

Novos amigos

Conhecer pessoas do mundo todo é uma das razões para viajar sozinha. É algo maravilhoso e totalmente possível quando estamos em uma viagem solo. Mas, claro, vai depender muito do seu temperamento, da sua vontade e dos seus objetivos durante a viagem.  

Sozinhas, estamos sempre mais abertas e mais disponíveis para conversar e conhecer novas pessoas. Eu não tenho dificuldade em falar com estranhos. Se tenho alguma dúvida vou lá e pergunto, nem que tenha que fazer mímica.

Por outro lado, não é sempre que estou a fim de conhecer pessoas. Me sinto super à vontade comigo mesma e nem sempre quero travar novas amizades. Lembre-se: sozinha sim, solitária, só se você quiser!

Às vezes, você conhecerá pessoas sem nem mesmo ter pensado sobre isso. Elas vem e vão. Outras ficam pra sempre na sua vida.

Aconteceu comigo em Toronto, no Canadá. Todos os dias quando embarcava naquele ônibus turismo, encontrava um casal de indianos super simpáticos. Acabamos fazendo algumas visitas juntos, mas nada planejado. Acabou a viagem e nunca mais nos vimos, mas tivemos ótimos momentos juntos.

Percepção mais apurada

Geralmente, quando viajamos, estamos mais relaxadas, longe das pressões do dia a dia e acabamos por prestar mais atenção as pequenas coisas da vida. O fato de estarmos sozinhas, sem estar matraqueando o tempo todo com a companhia de viagem, nos leva a estar mais concentradas e muito mais perceptivas.

Observe as fotos no instagram: tirando as selfies, muitas fotos mostram flores, o pôr-do-sol, as montanhas, o mar, pequenas coisas que na correria do dia a dia passamos sem nem prestar a atenção.

O barulho das ondas, o canto dos pássaros, o cheiro do mato e o ar puro também estão presentes nos relatos das viajantes. Estamos mais abertas e perceptivas para os pequenos prazeres que nos trazem alegria, relaxamento e momentos de contemplação.

Cada lugarzinho nesse mundão tem seus encantos e é quando viajamos que nossos sentidos estão mais apurados e damos real valor a estas pequenas coisas que nos deixam alegres só em olhar.

Autoestima e Realização

Há quem sonhe viajar pulando de canto em canto a vida toda, como um nômade. Eu, particularmente, gosto de fazer o caminho de volta pra casa e reviver os momentos da viagem, compartilhando com você o que julgo que possa ajudar na sua viagem.

Gosto também de ter um momento de reflexão sobre a viagem e as experiências adquiridas. Junto com essa reflexão, vem sempre um sentimento de realização que enche o coração da gente! Os pensamentos viajam novamente, mas em outro sentido!

Nossa! Fui pra lá como sonhei! Deu tudo certo! Ou…me superei naquela roubada (sim, elas fazem parte)! Meu planejamento foi nota 10, talvez tenha que mudar isso ou aquilo, mas deu certo!

Você se sente capaz, poderosa e feliz por ter realizado algo só seu! A sua autoestima vai lá no céu! Pode apostar!

Compreender a grandiosidade do mundo

Quando viajei para fora do Brasil já adulta, ao me deparar com uma cultura totalmente diferente da nossa, me senti um grãozinho de areia. E esse sentimento não foi desagradável, ao contrário, foi bom e me senti parte.

Percebi a imensidão do mundo, as diferentes formas de se viver, pensar, falar, comer, se comportar.

O que é importante para a gente, pode não ter nenhum significado para outras culturas e vice-versa. Sim, um grãozinho de areia neste universo maravilhoso e completamente diverso.

Como disse, a sensação não foi ruim, de pequenez, mas de orgulho em fazer parte disso tudo e ser grata porque tenho a possibilidade de ir e vir, conhecer, aprender, apreender e transformar a minha vida com todos esses aprendizados.

A vontade de experimentar e desvendar o mundo ficou enorme! Tão grande que não me deixa parar e é uma das razões para viajar sozinha mais importantes, na minha opinião, pois nos tornamos tão grandes quando a nossa vontade!

Logística simples

Quando viajamos sozinha nos beneficiamos de uma logística simples. Quando estamos em grupo é mais difícil conciliar as agendas e todas as vontades. Sempre alguém vai estar cedendo.

Mesmo que seja uma escapada de fim de semana, acabamos tendo que planejar com mais atenção e mais antecedência, além dispender um tempinho para as negociações.

Quando viajamos sozinhos fica tudo mais simples. Você viaja dentro do seu orçamento e basta achar uma brechinha na agenda ou uma promoção aérea, fazer a mala e encarar a estrada.

O silêncio como companheiro

Não vou mentir pra você: o silêncio faz parte de uma viagem solo e ele pode ser seu grande companheiro.

O silêncio, seja no seu quarto de hotel ou visitando um local onde você não vai falar com ninguém, pode ser o momento de ouvir a si mesma, entender as suas reais vontades e desejos. Arrisco a dizer que é nessa hora que você realmente vai começar a se conhecer.

Pode ser um momento de contemplação e conexão com a natureza, se você estiver em um local como o Deserto do Saara, por exemplo.

Pode ser a oportunidade para você travar uma longa conversa consigo mesma. Sou tagarela por natureza, mas aprendi nestas viagens sozinha que ficar em silêncio é extremamente prazeroso e, acima de tudo, enriquecedor. Experimente!

Conexão com cultura local

Você esta sozinha e não há ninguém para te desviar a atenção. Ninguém para conversar ou se distrair. Então, provavelmente, você fará algum esforço para aprender ou esboçar algumas palavras na língua local.

Vai, com certeza, observar mais atentamente como as pessoas daquele lugar agem, como se comunicam, o que elas fazem ao sair do trabalho, como elas se vestem, etc.

Uma das minhas atividade favoritas quando estou viajando sozinha é sentar em um café ou em um parque e observar, prestar atenção mesmo! Gosto de imaginar o que move aquelas pessoas, o que elas estão pensando, se estão tristes ou alegres.

Estando sozinhas conseguimos absorver muito mais do ambiente onde estamos e notar as pessoas ao nosso redor. Viajar sozinha aguça os sentidos! Pode experimentar sem medo!

Encarar a si mesma, medos e inseguranças

Você e você! E agora? Assustador, não? Muitas mulheres não viajam sozinhas, justamente, por não estarem preparadas pra estarem em sua própria companhia.

Pode ser assustador não ter em quem colocar a culpa. Pode ser desconfortável conversar consigo mesma, avaliar suas atitudes e o que você fez da sua vida até aqui.

Não estou querendo dizer que você vai passar a sua viagem toda fazendo uma autoanálise, mas você terá momentos em que vai se questionar, que vai se olhar mais de perto. Isso é inevitável!

E com esse olhar mais de perto, vem os medos e inseguranças e as reações a esses sentimentos: fuga ou luta. É como nos comportamos perante o medo.

Todo mundo passa por isso, o que vai ser diferente é como você lida com essa situação. Se resolver encarar a si mesma, vai perceber que é muito capaz de resolver as questões que vierem.

Você vai até rir mais tarde de alguns pensamentos e vai terminar sua viagem orgulhosa por ter enfrentado seus pequenos demônios.

Entender que você é a sua melhor companhia 

Estamos acostumadas a estar rodeadas de pessoas o tempo todo: família, colegas de trabalho, colegas escola, relacionamentos. Por isso, parece muito estranho estar em nossa própria companhia por dias a fio e em um local diferente.

Parece que falta alguma coisa e muitas pessoas não se sentem bem com essa perspectiva e correm em busca de alguém para preencher o “vazio”. Mas garanto que você já esteve acompanhada algumas vezes e, mesmo assim, se sentiu só.

Eu estranhei algumas vezes, amei outras e aos poucos, ao longo dos anos viajando sozinha compreendi de vez que sou a minha melhor companhia. É maravilhoso estar com outras pessoas, com amigos e tal, mas estar na minha companhia é muito bom também!

Hoje, independente das viagens, preciso do meu espaço, do meu momento comigo mesma. Hoje me considero a melhor companhia do mundo! Hoje escolho viajar sozinha. Hoje escolho ser viajante solo.

Bom, estas foram as principais razões para viajar sozinha que listei bem lá no começo da minha jornada como viajante solo. Acho que hoje em dia tenho mais algumas diferentes e que se somam a estas, mas isso vai ficar pra outro artigo, combinado?

E você? Já encarou uma viagem solo? Quais são as suas razões para viajar sozinha? 

Salvo algumas exceções devidamente sinalizadas, todas as viagens e experiências do Viajante Solo são custeadas com recursos próprios da autora, Denise Tonin. Por isso, se você achou esse conteúdo útil para a sua viagem, poderá adquirir os produtos oferecidos, como o Planner de Viagem, o Guia Viajar Sozinha em Segurança ou a Mentoria para Viajar Sozinha. Ficarei muito feliz e grata pelo seu apoio!

Guia Viajar Sozinha em Segurança

Planner Viajante Solo

Planner Viajante Solo

43 COMENTÁRIOS

  1. Amei seus comentários e suas razões para viajar sozinha..optei por viajar sozinha quando não consegui amigas..irmãs..q coincidisse horários..finanças..estava deixando de sonhar depois de aposentada por falta de cia..até q decidi..e foi maravilhoso..sempre gostei de estar sozinha..minha cia é maravilhosa..em viagens anteriores me pegava dizendo SIM o tempo todo quando na verdade queria dizer NÃO!! Com meu ex companheiro por dificuldades de locomoção..idade e por não gostar de explorar..conhecer..analisar ficava confinada dentro de um hotel..até q descobri melhor coisa da minha vida quando sentei observar as pessoas..culturas.. lugares sem pressa..sem cobrança ..qdo assisto na TV meu programa favorito sem me preocupar se a minga cia tb gostava..qdo dormi até tarde ninguém me acordou..qdo fiquei praia ate tarde ninguém me censurou..viva a vida..viva a liberdade..viva ser feliz

    • Uauuuuuuuuuuuuu que legal, Dega! Somos privilegiadas por esta descoberta, não acha? Realmente somos a nossa melhor companhia e quando descobrimos isso é um salto enorme em nossa vida! Super obrigada por compartilhar comigo a sua descoberta! <3 um beijo grande e Viva a Vida e nossa melhor companhia!

  2. Olá Denise Lindona, nossa.. Que ótimo ler tudo isso. Comprei uma passagem esse fds pra ir so eu e eu (Rsrs). E me animou bastante. Obrigada pelas dicas incríveis.

  3. Olá Denise, já faz algum tempo que estou planejando e sonhando em fazer minha primeira viagem internacional, porém, eu as vezes penso e repenso sobro o assunto por causa de estar sozinha e de achar que a viagem não vai ser legal por não ter ninguém comigo, mas atrás dessas suas palavras me senti confiante agora, me animou a realizar esse sonho mesmo sozinha, e agora tenho certeza que vou curtir tudo com a minha companhia. Obrigada por suas belas palavras❤️.

    • Kailane, tudo bem ? Puxa, fico feliz que eu tenha te animado. Com certeza, se você se der essa oportunidade, vai encontrar teus próprios motivos para viajar sozinha. Hoje já preciso atualizar este post porque tenho mais razões ainda! hahahaha Um beijo e depois me conta da tua viagem, porque quero saber como foi 😉

  4. Denise, obrigada pela sua postagem!
    Eu estou planejando minha viagem sozinha e eu tenho de vez em quando umas crises de pânico de 5 minutos e o medo delas me faz hesitar um pouco.

    Mas estou convencida a ir! E ligar com isso se isso aparecer (o que provavelmente nem vai!)

    Obrigada, grande abraço!!

    • Aline, tudo bem? Tenho certeza que vc conseguirá lidar e enfrentar isso, mas talvez seja melhor você procurar a orientação de um médico. Assim caso aconteça durante a viagem você vai tirar de letra

  5. Olá, Denise!
    Planejei uma viajem para o final deste ano com o meu namorado (agora ex), pois é, terminamos faltando 2 meses para a tão sonhada viagem romântica. Confesso que meu primeiro pensamento foi ligar para a agencia e cancelar, mas sei que se fizesse isso, me arrependeria pro resto da vida. Lendo seu texto, me encorajou muito, e estou decidida a ir sozinha mesmo. Espero que ocorra tudo bem.
    Carpe Diem.

    • Jossandra, tudo bem ? Já deu certo! Só o fato de não ter cancelado a viagem , já é um ótimo sinal! Bora viajar e aproveitar a vida! No mínimo, você vai voltar se conhecendo mais! Depois me conta, viu? Beijos

  6. Eu amo viajar sozinha e com amigos. Cada uma tem sua vantagem, o primeiro é como o artigo diz, e o segundo você tem uma pessoa para dividir as despesas, eu gosto de mesclar os dois tipos, mas quando quero viajar, vou sozinha ou não, não me prendo. Já passei por roubada sozinha ou acompanhada, às vezes sozinha você quer pedir aquele prato que dá para dois e sabe que não dará conta e aí vai se jogar fora, já pedi para levar para casa, mas tem restaurante que não gosta e coloca empecilhos , o que lá fora seria normal. Lamento como o Brasil joga comida fora. A cada viagem solo, você se conhece e se permite fazer o que realmente gosta, fazer amizades ou não, dar limites e se dar limites, mudar aquele roteiro que você demorou para elaborar, mas descobriu algo novo quando chegou no lugar porque te falaram ou porque você descobriu. O que sozinha facilita, mas se você foi com alguém que vocês tem a mesma sintonia também rola(é difícil de achar alguém assim). Amei o artigo e os comentários.

  7. Viajar sozinha foi a melhor experiência da minha vida, fiquei 7 dias no Nordeste, em praias paradisíacas, quando estava de volta no avião, só pensava em como eu me sentia mais forte, dona do meu mundo e das minhas vontades, depois disso continuo fazendo minhas viagens e a cada projeto realizado me sinto vitoriosa!

    • Cintia, tudo bem ? É isso aí mesmo. A gente acaba se sentindo super capaz e isso é maravilhoso! Espero que você continue desbravando o mundo – e vc mesma! Beijo grande e obrigada pela visitinha 🙂

  8. Olá, tenho muito o que refletir sobre as tuas palavras, e fazer meu planejamento solo, creio que chegou o momento de pensar em mim. Obrigada,

  9. Adorei! Simplesmente fantástico, e eu me identifiquei com todos. Eu estou acostumada a viajar sozinha desde os 14 anos de idade. Tudo começou quando saí do meu interior para morar na capital, e como eu precisava viajar para ver minha família, então todos os meses passei a viajar sozinha, e isso foi trazendo novas experiências, até que descobri que viajar é a coisa que mais me faz bem. Desde lugares pequenos até cidades grandes, eu geralmente estou sozinha, e me acostumei. Não fico sem viajar nem que seja uma vez por ano. Uma das coisas que mais gosto é de conhecer novas pessoas, em meio às viagens sempre encontrei com gente que também ama viajar, gente de alma sonhadora, fiz amizades com quem tenho contato até hoje. Enfim, teria muito mais para comentar, mas sobretudo, conhecer a si mesma, e se descobrir nesse imenso universo é algo sublime que transforma a gente. Obrigada pelo post, encantador.
    Abraços!

    • Roberta, tudo bem ? Que bom que você gostou <3 Viajar é tudo de bom e uma das coisas que mais gosto de fazer na vida! 🙂 Adorei saber da sua história e obrigada por compartilhar. beijos

  10. Nossa,que tudo o texto! Com certeza alavancou a coragem de encarar sozinha as viagens e se divertir muito. Concordo principalmente com última dica: Saber que você é sua melhor companhia! Quando aprendemos e entendemos que podemos fazer tudo sozinha e ainda assim ser feliz,todos a sua volta vão querer sua companhia.
    Afinal, uma gota de amor próprio não faz mal a ninguém – e viajar sozinha não é egoísmo…

    • Querida Sherly, muito obrigada 🙂 Fico feliz que tenha gostado. Espero que vc faça logo sua viagem solo e quero saber tudinho, hein? Podemos fazer tudo sozinhas e nos divertirmos muito! Garanto! hahaha beijo grande e obrigada pela visitinha

  11. Nossa que texto incrível, adorei 🙂 Já viajei sozinha, mas algo de 2 dias. Agora, mês que estarei viajando sozinha pela primeira vez, uma viagem longa, de 43 dias. Concordo com tudo que foi dito, principalmente na questão de ser livre para ir onde quiser, sem horário determinado, etc. Além disso também gosto de ser livre para escolher o que posso fazer (orçamento), pois já viajei com amigas, onde acabei fazendo algumas “atividades” pagas que não estava nem um pouco interessada, algo que nem de graça era e acabei investindo dinheiro em algo que se estivesse sozinha não faria. Como acabei de sair de um tratamento contra o cÂncer, muitos dizem que sou louca em sair pelo mundo sozinha, mas acredito que eu mereço essa viagem depois de tudo que enfrentei, afinal, vi em algum outro post que viajar “faz bem para a saudade” 🙂
    Carpe Diem

    Abraços

    • Josiane, você é a louca mais incrível do mundo! <3 Que bom que gostou do texto 🙂 Fico feliz! E que máximo que você vai viajar sozinha! Curta cada minutinho, tenho certeza que você vai adorar! Você tem toda razão em curtir a sua vida - uma só - do seu jeitinho. Quando voltar quero saber de tudo e você está convidada pra escrever sobre a sua experiência, se quiser 🙂 Adoraria ter você aqui contando a sua história e a sua viagem! Beijão

  12. Obrigado pelo seu site existir! Kkkk. Descobri há poucos dias e vou vasculhar todinho. Eu venho enrolando há uns dois anos cair no mundo sozinho. É muito difícil conciliar agendas com as pessoas que conhecemos. Além disso às vezes a outra pessoa não tem grana pra isso, ou isso não é prioridade pra ela tanto quanto é pra mim. Quero viajar muito e com muita frequência, não sei se vou escrever um blog, talvez não, mas quero muito essas experiências. Esse ano viajei 2 vezes pro mesmo lugar (Patagonia Argentina) apenas porque curiosamente só apareceu companhia pra esse local. Aí não dá né…

    • Thiago, que bom! hahahaha Se joga!!!! Qualquer coisa que precisar ou se estiver apreensivo, me fala que te ajudo, ok? Você vai amar e depois não vai querer mais viajar com amigos (que perigo) rs rs rs Ainda tenho muito conteudo pra atualizar, mas aos poucos vai. Ó Patagonia é um dos lugares que quero ir logo! Depois vou te pedir dicas também! Obrigada pela visita! Beijos

  13. Olá Denise, vivi essa experiência maravilhosa, viajei p/ Espanha, sem problemas algum, curti tudo o que tinha direito e mais algumas coisas!!!rs
    Seu relato é perfeito, voltarei viajar só e feliz!!!Abço!

  14. Adorei o post! Nunca viajei sozinha, mas tenho vontade, imagino que deva ser uma experiência única mesmo!! Fiquei com mais vontade agora depois de ter lido o post 🙂

  15. Fer, sensação de liberdade é sempre bom, né? A gente já tem tantas obrigações no dia a dia que uma viagem solo te permite sair completamente do normal! hahaha Café da manhã tem na padaria da esquina! Dá pra dormir até mais tarde um dia ou outro! kkkkkkk obrigada por comentar! Beijão

  16. Eu adoro!!!! Acho que principalmente a parte de fazer o que eu quiser, na hora que eu quiser (quase né? pq café da manhã tem horário, atrações tem horário rs), poder mudar os planos de última hora etc…

  17. Menina, que profundo o seu texto! Eu nunca viajei sozinha, na verdade, nunca fiz muitas coisas sozinhas…. Acho incrível tudo isso, mas nunca consegui!
    Parabéns pelo projeto, e toda essa percepção linda que você compartilhou neste post 🙂

DEIXE UM COMENTÁRIO!

Please enter your comment!
Insira seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.