HomeViajar SozinhaDocumentosCarta convite para Itália: como fazer e quem deve assinar

Carta convite para Itália: como fazer e quem deve assinar

A carta convite é o documento que substitui a reserva de hospedagem junto à imigração italiana. Veja como providenciar o seu documento.

-

Florença, Roma, Veneza… As belezas espalhadas pela Itália são pra lá de encantadoras e nos fazem querer viajar para a Itália. E, pra quem vai se hospedar na casa de parentes e amigos, a carta convite para a Itália é uma das primeiras providências a serem tomadas.

Geralmente para as pessoas que vão a Itália para estudar, trabalhar ou até mesmo visitar algum amigo ou familiar, a carta convite é um dos documentos que devem ser providenciado para substituir as reservas tradicionais de hospedagem.

Leia também

CARTA CONVITE PARA VIAGEM: COMO FUNCIONA E MODELO

ETIAS AUTORIZAÇÃO DE VIAGEM PARA ENTRAR NA EUROPA

Carta convite para Itália: como funciona

Em síntese, a carta convite para Itália, ou lettera d’invito, é um documento escrito por algum residente (nativo ou estrangeiro legalizado) que se responsabiliza pela chegada e estadia de um estrangeiro no país. É ela que confirma que a pessoa que está a viajar para Itália tem onde ficar.

Brasileiros que viajam para a Itália e permanecem por até noventa dias no país, não necessitam de visto. Entretanto, a carta convite substitui o comprovante de hospedagem emitido por um hotel e pode ser apresentada na imigração junto com os outros documentos, como passaporte válido, comprovantes financeiros, seguro viagem, passagem de volta, entre outros.

É importante que você cheque antes da sua viagem, juntos s representações consulares todos os documentos e requisitos exigidos para entrada no destino em questão, já que as exigências podem sofrer alterações.

Já pensou em qual seguro viagem contratar? Lembre-se que a sua saúde deve vir em primeiro lugar e o seguro viagem te trará tranquilidade na sua viagem sozinha. Faça a cotação nas melhores seguradoras e escolha o plano ideal para você e para o seu estilo de viagem!

Quem deve fazer a carta convite para Itália

Sendo assim, a carta convite para Itália é solicitada por quem está indo viajar para a Itália e não ficará hospedada em estabelecimentos hoteleiros, mas sim na casa de parentes e amigos. Ou seja, ao se hospedar na casa de um amigo ou familiar, é indicado que você peça para que esse anfitrião providencie a carta convite. 

Quem deve providenciar a carta convite para a Itália

A pessoa que reside no país é quem se responsabiliza por providenciar e assinar a carta convite para Itália. Aliás, a carta deve ser escrita em italiano ou em inglês e, preferencialmente, deve ser digitada para facilitar a leitura do documento.

Modelo Carta Convite para a Itália

Como não há um formulário padrão para a elaboração da carta convite para Itália, abaixo está uma sugestão de texto para que o anfitrião possa providenciar.

LETTERA DI INVITO

Il/La sottoscritto/a ______________________________________________________________ 

Nato/a il __________________________________ a ________________________________ Di nazionalità______________________ residente a___________________________________  Prov.___________ in_______________________________________n°______c.a.p._________ 

Telefono_________________________________________. 

Occupazione/professione_________________________________________________  

Consapevole  delle  conseguenze  previste  dall’Art.  12,  comma  1,  del  Decreto  Legislativo  25  Luglio  1998, n°286. 

Con la presente comunica di voler invitare per motivi di turismo 

Il/la cittadino/a straniero/a ____________________________________________

Nato/a il ________________a_____________________________________

Di nazionalità_____________________ residente a _____________________________

Prov._________in  ________________________________n°______c.a.p.____________

Telefono_____________________________________________. 

Per il periodo dal_________________________al_______________________ 

A motivo di__________________________________________________________.

Il sottoscritto dichiara inoltre 

  • Di avere con la stessa persona legami di parentela/amicizia/altri: ______________________
    • Di sapere con certezza che la stessa persona nel proprio paese di origine 
      • Svolge la seguente attività lavorativa:______________________________________ 
  • Di possedere le disponibilità economiche ed abitative per poter ospitare il/la suddetto/a cittadino/a straniero/a 
  • Di aver stipulato polizza medico sanitaria Con la Compagnia Assicurativa ____________ che copre il periodo di permanenza in Italia per un massimale di 30.000,00 Euro.

Luogo e data ________________________ 

Firma del dichiarante ____________________________ 

Além da carta convite para Itália contendo todos os dados da pessoa que reside no país, pode ser necessário apresentar para a imigração o documento de identificação do anfitrião, portanto, já solicite também uma cópia do documento pra não ter surpresas na imigração.

Além disso, vale ressaltar que a carta convite não tem uma validade determinada, mas o recomendado é fazê-la com a data mais próxima da viagem possível. Acima de tudo, o importante é que nela conste o período exato em que o viajante permanecerá na Itália.

Além dessas informações, ao planejar a sua viagem, verifique as exigências de entrada no destino para que, além da carta convite para Itália você esteja com todos os documentos exigidos em mãos.

Leia mais:

Como saber quais países exigem visto de brasileiros

Apostila de Haia: o que é e como fazer

Como solicitar 

Como já dito anteriormente, não há um padrão específico para a carta convite para Itália e nem um local específico para a solicitação. Sendo assim, por se considerar um documento informal, é importante que o anfitrião verifique junto às autoridades (polícia local ou setor de imigração) se, após emissão da carta, o documento deve ser registrado ou autenticado em algum órgão oficial.

Detalhes importantes

Ao usar a carta convite para Itália, é desejável que você:

  • Apresente o documento original impresso;
  • Tenha consigo pelo menos duas vias da carta convite;
  • Tenha uma cópia de um documento de identificação do anfitrião que emitiu o documento;
  • Carta convite emitida por quem não seja residente legal no país não é aceita na imigração.

Por fim, aproveite ao máximo ao viajar para a Itália: sua cultura, arte, gastronomia e arquitetura encantam em cada detalhe e, com certeza, essa será uma viagem enriquecedora e cheia de descobertas!

Estela Magalhães - Colunista
Estela Magalhães - Colunista
Sou publicitária por formação e redatora por paixão. Livros e música são minhas inspirações e viajar é um dos seus hobbies favoritos.
Salvo exceções devidamente sinalizadas, todas as viagens e experiências trazidas ao Viajante Solo são custeadas com recursos próprios. Por isso, se você achou esse conteúdo útil e ajudou na sua viagem de alguma forma, poderá apoiar o trabalho ao adquirir os produtos, como os Guias Viajante Solo®, ou ainda, contratar a Consultoria de ViagemFicarei muito feliz e grata pelo seu apoio e continuarei trazendo conteúdos originais e experiências testadas para ajudar nas suas viagens solo pelo mundo!

 

Success message!
Warning message!
Error message!