Planner Viajante Solo

Fico pensando em quantos obstáculos nós, mulheres, enfrentamos para pegar a estrada em nossa própria companhia. São muitas questões que enfrentamos até conseguir embarcar pela primeira vez e entender como a coisa funciona. Separar mitos de verdades e viver o que realmente queremos. Resolvi, desta vez, escrever como não viajar sozinha, mostrando os obstáculos que aparecem na nossa frente, quando decidimos fazer uma viagem solo.

Ahhh e esse post contém ironia e muitos aprendizados que tive ao longo de seis anos trabalhando com o tema viajar sozinha.

Leia também

Medo de Viajar Sozinha

Conversa com o Medo

Manifesto Viajante Solo

Foque toda a sua atenção no que pode dar errado

Ahhh a nossa mente. Ela é terrível com a gente, né? Insiste em povoar nossos pensamentos fazendo passar por ele todas as coisas que podem dar errado, como se fosse um filme longa metragem em looping. E se você juntar seus pensamentos com o que escutou de outras pessoas sobre viajar sozinha, daí o circo está armado: você corre pra debaixo da cama e não viaja sozinha nunca mais.

Se resolver focar toda a sua atenção ao que a sua mente cria e ao que seu crítico interior diz, garanto a você que jamais pegarás a estrada na sua própria companhia!

Tome como verdade o que dizem

Tomar como verdade o que dizem a respeito de viajar solo é um dos passos pra você não viajar sozinha. Mesmo que a pessoa nunca tenha vivido a experiência solo e emita a sua opinião sobre o assunto, tendemos a dar ouvidos, ainda mais, quando se trata de uma pessoa a quem respeitamos como autoridade. (mãe, tia, avó, amiga próxima, etc.)

Muitas pessoas simplesmente falam de coisas que nem experimentaram. É uma repetição sem fim de teses que escutaram e que propagam por achar ser verdade. Mas na verdade sequer pararam pra pensar de fato sobre o que estão repetindo. Eu mesma já repeti coisas sem pensar sobre o impacto que podem fazer em outras pessoas.

Isso acontece com todo mundo. Vai dizer que você nunca repetiu algo que ouviu da sua mãe, que ouviu da sua vó e por aí vai? Vou te dar um exemplo que não tem nada a ver com viagem: comer manga com leite pode matar!

Planner Viajante Solo

Bom, isso é um tremendo mito e dizem que essa história vem da época do Brasil colonial, quando os senhores de engenho não queriam que seus escravos bebessem leite, por se tratar de um produto caro. Então, dizendo que manga – fruta abundante na época – com leite podia matar, deixava os escravos com medo de morrer e longe do leite. Isso foi repetido tantas vezes que tomamos como verdade uma invenção sem sentido algum.

Você pode escutar tudo, mas não pode tomar todas as falas como verdade. Pare, pense e repense. Pergunte pra quem já teve a experiência de viajar sozinha e depois tire suas próprias conclusões.

Esqueça de tudo o que pode dar certo!

Não pense jamais nas experiências incríveis que poderá viver durante a viagem e você não viajará sozinha!

Por que tendemos sempre a pensar no que vai dar errado? E acabamos esquecendo o real motivo que nos levou a querer viajar sozinha e pra aquele destino dos sonhos?

Não seria mais fácil pensar em tudo o que existe de maravilhoso naquele lugar e se imaginar lá sendo feliz e curtindo cada minuto?

Acredite que não é capaz de se virar sozinha

Ahhh a nossa insegurança! Ela cresce em nossa frente como um monstro enorme. Bom, se você der atenção, ela vai crescer tanto que você, obviamente, não vai viajar sozinha, pois não é capaz de superar esse desafio! Vai duvidar da sua capacidade, vai achar que viajar sozinha é para as fortes, que você pode não dar conta disso ou daquilo (meus olhinhos estão se revirando).

O mais engraçado é que escuto isso de mulheres que: se formaram, fizeram doutorado, casaram, tiveram filhos, se separaram, enfrentaram doenças e por aí vai. Por que uma mulher como essa não daria conta de viajar sozinha ?

Você já parou pra pensar em tudo o que realizou na sua vida até aqui? Por que não conseguiria se virar sozinha em uma viagem? Pense e depois me conta nos comentários!

Fique esperando a coragem aparecer

Bom, escuto muita gente dizer que quer muito viajar sozinha, mas que está esperando ter coragem. Bom, desculpe te decepcionar, mas a coragem não vai bater na porta da frente da sua casa ou descer pela chaminé, como o Papai Noel. Ela não vai surgir na sua frente e dizer: oi, cheguei, vamos sair da zona de conforto e pegar a estrada? Agora você já pode ir, estou aqui do seu ladinho. Pega na minha mão e vamos!

Amiga, o tempo tá passando e, se você acha que não está preparada pra viajar sozinha, tá tudo bem. Não tem problema. Mas volto a dizer que a vida é feita de escolhas. Tá tudo bem se você ESCOLHEU não viajar sozinha.

Só quero deixar claro que a coragem já está dentro de você! Pra qualquer coisa! Talvez você não a tenha percebido, porque não parou para se olhar e se escutar atentamente. Dá uma chance e conversa com ela. Ela está aí, te garanto!

Ouça atentamente a todos os “e se”

Vamos lá… repita comigo:

E se …

  • eu for assaltada?
  • perder o passaporte?
  • ficar doente?
  • me perder?
  • o hotel for ruim? e
  • estiver chovendo?
  • eu não entender o que estão falando?
  • o dinheiro acabar?
  • eu não gostar?
  • eu ficar triste?
  • estiver muito calor?
  • estiver muito frio?
  • a mala for extraviada?

Pronto: essas são as frases pra você repetir em voz alta e não viajar sozinha!

Tenho uma sugestão: por que não pegar cada um dos “e se?” e tentar achar soluções ou atenuar alguns efeitos caso aconteçam? Porque algumas dessas situações são possíveis de ser remediadas, SE ACONTECEREM. Outras, realmente, não temos controle algum.

Então, mais uma vez, estamos falando de escolhas. Você pode escolher se concentrar nas questões onde não tem controle e não viajar sozinha. Ou pode pensar em possíveis soluções pra tudo que aparece na sua cabeça e viajar mesmo assim, pois viver requer alguns riscos e imprevistos. Viajar também!

Conte para sua amiga que vai viajar sozinha

Temos a tendência de querer compartilhar nossas conquistas. Estamos há meses “tentando ganhar coragem” pra fazer a primeira viagem solo e, quando finalmente decidimos e compramos a passagem, resolvemos compartilhar com uma amiga. Mostrar como o destino é incrível e como essa viagem vai ser maravilhosa. Viajar sozinha é um passo super corajoso e queremos ser parabenizadas pelo acontecimento, não é? Só que isso pode ser uma grande furada e você pode acabar não viajando sozinha.

Escuta só, duas coisas podem acontecer nessa situação: a amiga pode te desencorajar e explanar todos os pontos negativos que podem acontecer se você viajar sozinha e isso pode ser um balde de água fria. Ou ela vai querer ir com você nessa viagem! hahahaha Acabou-se a viagem solo!

Nenhum problema viajar com as amigas, de maneira nenhuma. Mas se você está planejando curtir esse destino na sua própria companhia, contar seus planos pode ser mais um passo para não viajar sozinha.

Creia que já passou da idade para viajar sozinha

Estou envelhecendo e você também. Mas os sonhos continuam vivos dentro da gente e eles, ao contrário da gente, não tem idade, não tem dores ou dificuldades. Eles estão lá, dentro da gente, acesos e prontos para serem realizados.

Mas é claro que não vou negar que ao envelhecer, algumas dificuldades aparecem: não temos mais o mesmo fôlego, não somos mais atraídas por determinadas atividades, dá preguiça sair da nossa casa tão confortável, os joelhos doem, acampar pode se tornar um pouco desconfortável e um trekking pode trazer mais cansaço do que quando você era jovem.

Bom, você pode se entregar a esse sentimentos – que são reais – e não viajar sozinha. E aqui não tem nenhum julgamento, pois são escolhas. Cada pessoa sabe o que é melhor pra si mesma.

Mas também tem outra forma de lidar com tudo isso que é adaptar as condições da sua viagem ao seu momento, buscando uma infraestrutura mais completa, algo que case com seu ritmo, que te dê liberdade e que te traga prazer.

Vou te dar um exemplo: estava querendo fazer uma caminhada de 1 semana, 30 km por dia. Escolhi um caminho e uma empresa que ofere toda a infraestrutura, além da possibilidade de pegar carona em um Jeep, caso eu não aguentasse a quilometragem do dia. Dessa forma, eu iria tranquila e curtiria o passeio dentro das minhas condições físicas. No final, acabou não rolando, pois não tinha mais vagas, infelizmente. Mas ainda está nos meus planos.

E pra fechar: você não precisa viajar sozinha!

Não, você não precisa viajar sozinha pra ser uma grande mulher! Muitas pessoas não o fazem e está tudo bem. Cada pessoa tem o seu momento, o seu processo e suas escolhas. Tá tudo bem! Sério!

O que defendo é que o fato de não viajar sozinha ou de viajar sozinha seja uma escolha genuína e consciente. E não uma “escolha” baseada em crenças que foram colocadas na nossa cabeça – na minha também – desde quando éramos pequenininhas.

Se você parar pra pensar melhor sobre o que dizem, entenderá que muitas coisas não fazem sentido algum e, na maioria das vezes, nem condizem com a realidade!

Se você quer realmente viajar sozinha e curtir a sua própria companhia, silencie o mundo lá fora! Reflita! Se escute! Baseie a sua escolha nos seus sentimentos e você tomará a melhor decisão!

Planner Viajante Solo