fbpx

Planner Viajante Solo

HomeFrançaGivernyVisita aos Jardins de Monet, um pedacinho do paraíso

Visita aos Jardins de Monet, um pedacinho do paraíso

Um incrível bate e volta a partir de Paris. Conhecer os Jardins de Monet é um passeio clássico e maravilhoso para quem ama arte, natureza e fotografia!

Planner Viajante Solo

Minha primeira visita aos Jardins de Monet em 2014 foi um dos passeios mais lindos e felizes que já fiz e que nunca saiu da minha lembrança. Curti cada minuto, cada fagulha do sol que iluminava lindamente aqueles jardins tão mágicos.

Sempre tive na cabeça que esse seria um lugar para retornar e aconteceu nesta minha última ida a Paris, com o projeto Viagem para Mulheres com Denise Tonin. Pude curtir mais um pouco desse pedacinho de paraíso tão próximo da cidade luz!

Leia também

Viajar Sozinha para Paris

Como chegar aos Jardins de Monet por conta própria

Visita à Ilha dos Impressionistas e almoço no Fournaise

Pouca coisa mudou desde a minha última visita. A diferença para mim foi que na primeira vez estive durante a primavera e estava lindamente florido e, desta vez, visitei no outono, menos florido, porém lindo da mesma forma.

A Casa de Monet recebe visitas de 01 de Abril a 01 de Novembro, todos os dias de 09:30 às 18:00, sendo que a última entrada é as 17:30. Se você não gosta de filas, pode comprar seus ingressos online no site da Fondation Monet. A fila desta vez estava razoável, mas esperamos por volta de 20 a 30 minutos até entrar.

Não esqueça de contratar seu seguro viagem, obrigatório na Europa. Compare os melhores planos e seguradoras  para o seu seguro viagem.

Se você gosta de fotografar como eu, procure chegar bem cedo e comece pelos jardins, pois depois eles viram um formigueiro de gente e você não conseguirá mais fotos só da paisagem ou das flores sem uma luta árdua.

Les Clos Normand, Jardins de Monet, Giverny | Viajante Solo
Les Clos Normand, Jardins de Monet, Giverny

As flores encontradas nos jardins são incrivelmente lindas. As Amarantes, também conhecidas como “rabo de raposa” são originárias da África, América do Sul e Índia.

Les Amarantes Jardim de Monet | Viajante Solo
Les Amarantes, Jardins de Monet, Giverny

Bom, nem preciso dizer que ir na primavera é o melhor dos mundos! Eu tive bastante sorte, pois estava um dia lindo de sol e muito florido!

Flores Jardim de Monet | Viajante Solo

Planner Viajante Solo

Aos 42 anos, Monet mudou-se com sua família para esta casa – ano de 1883, mas ela era alugada. Só adquiriu a propriedade em 1890, quando seu reconhecimento como artista já havia despontado e lá recebeu inúmeros artistas, fotógrafos, jardineiros, marchands, amigos…

Quer ficar conectada o tempo todo durante a sua viagem ? Confira os planos de Internet 4G  e saia do Brasil com o chip funcionando!

No térreo você conhecerá a sala de leitura (Petit Salon Bleu), a despensa onde eram guardados os mantimentos (L’Épicerie), o primeiro atelier de Monet, onde o pintor trabalhou até 1899 e que sofreu uma reconstituição em 2011.

Também no térreo, a sala de jantar encantadora toda amarela (móveis e paredes) foi totalmente restaurada nos mínimos detalhes e você se depara com uma coleção de gravuras japonesas surpreendente!

A coleção de Monet conta com 46 gravuras de Kitagawa Utamaro (1753-1806), 23 de Katsushika Hokusai (1760-1849) e 48 de Utagawa Hiroshige (1797-1858), fora as que não estão expostas. A admiração de Monet pelo Japão é evidente com esta coleção e também com o Jardim das Águas (Le Jardin D’Eau), onde você encontra a famosa ponte japonesa onde todo mundo tira foto (eu inclusive).

Jardin D'Eau Casa Monet | Viajante Solo
Le Jardin D’Eau

A sala de jantar tem comunicação com a cozinha totalmente azul. Um encanto e uma combinação surpreendente e muito colorida para a época! Nas paredes decoradas com azulejos de Rouen estão as panelas de cobre. A porta da cozinha dá para os belos jardins. Tudo muito harmônico e lindo!

Subindo as escadas, o quarto do pintor-jardineiro, onde você pode admirar a vista do Clos Normand e as roseiras preferidas de Monet. Ainda o quarto de sua esposa, Alice e os toilettes.

E para terminar e animar você ainda mais para esta visita, a minha carinha de felicidade na Ponte Japonesa em 2014!

Denise Tonin Jardim de Monet | Viajante Solo
Felicidade transparente no Jardim das Águas, Ponte Japonesa, Giverny.

A partir do dia 21/07/2021, a apresentação do passe sanitário é obrigatória a partir dos 18 anos. Ou poderá ser apresentado um teste negativo feito em até 72 hs. Para quem já teve Covid, deve apresentar o teste positivo e atestado de alta que comprove o restabelecimento.

Informações Práticas

  • Site: Jardins de Monet
  • Endereço: 84 Rue Claude Monet – Giverny
  • Datas: 25 de Março a 01 de novembro
  • Horários: 9h30 à 17h30 – última entrada às 17h
  • Preços: 12 € Adultos para compra online. Na bilheteria custa 11€, porém pode enfrentar filas (Set 2021). Para outros tipos de tickets acesse o site oficial

Salvo algumas exceções devidamente sinalizadas, todas as viagens e experiências do Viajante Solo são custeadas com recursos próprios da autora. Por isso, se você achou esse conteúdo útil para a sua viagem, poderá contribuir para a manutenção do blog com uma doação de qualquer valor ou ainda adquirir os produtos oferecidos, como o Planner de Viagem ou a Mentoria para Viajar Sozinha. Ficarei muito feliz e grata pelo seu apoio!

Planner Viajante Solo

Planner Viajante Solo

Planner Viajante Solo

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO!

Please enter your comment!
Insira seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.