fbpx

Guia Viajar Sozinha em Segurança

HomeBrasilCuritibaVisita ao Museu do Holocausto

Visita ao Museu do Holocausto

Veja como é a visita ao Museu do Holocausto de Curitiba e o que você pode esperar. Informações práticas importantes!

Planner Viajante Solo

JÁ ESTÁ ME SEGUINDO NO INSTAGRAM? BORA VOAR!

28,3k Seguidores
Seguir

O Museu do Holocausto de Curitiba, inaugurado em novembro de 2011, foi o primeiro museu no Brasil a falar sobre o tema e pra mim foi uma visita realmente incrível! Ao reunirem depoimentos de sobreviventes, relatos bem fortes, o museu passou a palavra a estas pessoas, que foram vítimas da mais estarrecedora e cruel brutalidade feita contra o ser humano.

Pensando em alugar um carro? Compare os melhores preços em mais de 100 locadoras

Museu do Holocausto de Curitiba Area Externa 2 | Viajante Solo

Ao percorrer as salas do Museu do Holocausto – são 400 m2 – você vai perceber linha de pensamento que vai mostrando os acontecimentos da guerra por meio de objetos, fotografias, imagens e vídeos com depoimentos de sobreviventes.

A comunidade judaica do Paraná levantou 82 nomes de pessoas que foram perseguidas entre 1933 e 1945, sendo que desta lista, ainda estavam vivos em 2011, 15 delas (Fonte: Estadão). Estes sobreviventes doaram documentos, fotos, passaportes, objetos e ainda contribuíram com emocionantes depoimentos.

Leia também

14 Passeios gratuitos em Curitiba

Viajar Sozinha para Curitiba

Onde comer em Curitiba

Museu do Holocausto de Curitiba Area Interna 2 | Viajante Solo

Já reservou hotel para sua viagem? Confira as melhores tarifas para sua estadia

A iluminação, a música e os efeitos sonoros de cada sala do Museu do Holocausto te causarão arrepios e você entrará realmente em toda a história. Impossível não se emocionar! São cenas difíceis de serem vistas e vão mexer muito com você. Mas não podemos esquecer que tudo isso foi feito por ‘seres humanos’.

Museu do Holocausto de Curitiba Area Interna 3 | Viajante Solo

Veja o depoimento da polonesa Bunia Finkiel que ficou escondida em um buraco com mais 12 pessoas, durante 495 dias:

Histórias como essa não podem ser esquecidas e devem ser passadas adiante para que as futuras gerações vejam e entendam o Holocausto, podendo desta forma lutar contra a intolerância ao diferente que vemos aumentar a cada dia.

Não esqueça de contratar o seguro viagem, imprescindível quando viajamos sozinhas! . Compare os planos e as seguradoras  e escolha o melhor seguro viagem para você

Planner Viajante Solo

A visita ao Museu do Holocausto não é para os fracos, mas vale cada minuto. É muito emocionante e recomendo a todos conhecerem essa história. Eu adorei entender melhor o que ocorreu e aprender mais sobre o assunto.

A montagem, as luzes, a sonorização, tudo é perfeito e contribui pra você mergulhar inteiramente na história e nas suas emoções ao ver tudo o que aconteceu.

Informações Práticas

Museu do Holocausto

Todas as visitas devem ser agendadas no site

Endereço: R. Cel. Agostinho Macedo, 248 – Bom Retiro


Horários: Seg, ter e qua: 8h30 às 11h30 e 14h30 às 17h30; Sex: 8h30 às 11h30; Dom: 9h às 12h; Qui e sáb: fechado

Acessibilidade: o museu disponibiliza cadeiras de rodas, quando solicitada com antecedência, além de ter rampas e elevadores.

Normas: Menores de 12 anos não podem participar da visita e Não são permitidas fotos e filmagens dentro do museu

Salvo algumas exceções devidamente sinalizadas, todas as viagens e experiências do Viajante Solo são custeadas com recursos próprios da autora, Denise Tonin. Por isso, se você achou esse conteúdo útil para a sua viagem, poderá adquirir os produtos oferecidos, como o Planner de Viagem, o Guia Viajar Sozinha em Segurança ou a Mentoria para Viajar Sozinha. Ficarei muito feliz e grata pelo seu apoio!

Guia Viajar Sozinha em Segurança

Planner Viajante Solo

Planner Viajante Solo

3 COMENTÁRIOS

  1. Oi estou indo a Curitiba dia 23 super ansiosa pois sempre tive vontade de ir, o que me aconselha, fora o ônibus?

DEIXE UM COMENTÁRIO!

Please enter your comment!
Insira seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Proibida a cópia parcial ou total deste conteúdo, pois o mesmo está protegido pela Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998