Viajar Sozinha para Nice: dicas práticas pra sua viagem solo
Imagem de Prosag-Media por Pixabay

Não é por acaso que Nice tem o apelido de “Nissa la bella” e também não é difícil explicar o porquê. A capital da Riviera Francesa fica em um lugar super privilegiado: entre o mar mediterrâneo e as montanhas. Viajar sozinha para Nice é ir para um lugar onde a natureza é rica e funciona em perfeita harmonia com a cidade. 

Logo de cara, você vai se impressionar com as cores da provîncia dos Alpes Marítimos: o azul turquesa do mar mediterrâneo e os tons profundos do céu se juntam às cores quentes das construções antigas da cidade: um patchwork magnífico!

O modo de vida em Nice também é surpreendente. Basta observar como a cidade tem vários lugares que inspiram bons momentos de relaxamento. Em geral, a cidade funciona como um grande jardim aberto para os habitantes e visitantes.

Por falar em habitantes, os moradores de Nice não costumam se receber em suas casas. Na verdade, são pessoas que preferem muito mais explorar a natureza presente na cidade, como fazem nos piqueniques que são muito comuns. 

Leia também

Como organizar a primeira viagem internacional sozinha

Neste post vou falar sobre toda essa atmosfera paradisíaca. Mais do que isso, vou dar dicas práticas para quem quer viajar sozinha para Nice. Continue lendo e vai entender porque Nissa la bella é um passeio incrível para se fazer. 

P.S. Como estou de mudança de cidade, estou sem as minhas fotos em Nice e usei as do Pixabay para ilustrar o post. Em breve, coloca as minhas fotos e mais dicas de Nice 😉

Quando ir & Quantos dias ficar

Nice é uma cidade mediterrânea, o que quer dizer que o clima é mais quente que o restante da França. Logo, os meses mais quentes ficam entre junho e setembro, enquanto os mais frios são dezembro, janeiro e fevereiro. Nos meses mais quentes as temperaturas vão de 18 a 28 graus. É quando a cidade fica mais cheia. Apesar disso, é a melhor época para pegar praias no clima ideal para tomar banhos no mar turquesa. 

Viajar Sozinha para Nice Beira da Praia
Imagem de Alexandra_Koch por Pixabay

Já nos meses de dezembro a fevereiro você encontrará menos turistas, mas com temperaturas não muito convidativas para aproveitar as águas, podendo variar de 5 a 16 graus. Além disso, são meses com muita chuva, o que pode não ser ideal se você não estiver preparada. 

Dito isso, recomendo passar pelo menos 4 dias em Nice, sendo ideal estender para uma semana. 

Uma dica é deixar para conhecer Nice nos meses de transição entre as estações, ou seja, abril, maio, setembro e outubro. É quando as praias ainda estão boas para banhos de mar e a cidade não fica tão cheia quanto nos períodos de férias.

Aliás, uma dica é que você tenha na mala aquele sapato com solado de borracha próprio para a praia com pedrinhas, que é o caso de Nice. Você pode ficar nos beach clubs, mas mesmo assim para entrar no mar vai ser mais confortável. Pode comprar aqui ou por lá também. Não será difícil de encontrar.

Dinheiro

A moeda usada a cidade é o euro e para comer você encontra facilmente cafés da manhã a 6 euros, fórmulas de almoço a 18 euros e jantares a 21 euros, sem bebidas alcoólicas incluídas. Mas você consegue encontrar opções mais baratas também. 

Como levar dinheiro em viagens internacionais

Além da alimentação, separe uma quantia para o transporte, acomodação e eventuais compras. Para contar com uma margem folgada, recomendo calcular de 35 a 40 euros por dia. 

Sozinha em Nice – Segurança

A França é, em geral, um país seguro para mulheres que viajam sozinhas. Mas mesmo assim você deve ficar sempre atenta e tomar os cuidados básicos de uma viajante: guardar bem os pertences e evitar caminhadas por áreas desconhecidas. 

Ainda assim, a região onde fica Nice é considerada uma das mais violentas de toda a França. Por isso, não confie 100% na ideia de que tudo na Europa é mais seguro. Evite conversas suspeitas com desconhecidos e fique atenta aos golpes normalmente aplicados em turistas. 

Internet

Viajar Sozinha para Nice Praça do Chafariz
Imagem de David Mark por Pixabay

Ao viajar para a França, você pode tanto optar pelos chips de celular brasileiros com coberturas internacionais como comprar um chip de alguma operadora francesa.

As operadoras mais comuns são a Free, Orange e SFR. Nelas, existem planos de celular a partir de 2 euros e algumas opções oferecem até 100 gb de internet com ligações ilimitadas por apenas 19,99 euros/mês. 

Além da internet móvel, todas as estações de trem possuem conexão wifi grátis oferecida pela SNCF. A maioria dos pontos turísticos também contam com conexão à internet. Por isso, não se preocupe em ficar desconectada. 

Como Chegar

Infelizmente, ainda não existem voos diretos que ligam o Brasil diretamente a Nice. Neste caso, você precisará fazer conexões e chegar por grandes centros urbanos. A boa notícia é que isso pode ser feito tanto de avião, como em alternância entre transportes.

Se chegar por Paris, uma boa opção é escolher outro voo para o aeroporto de Nice. As principais companhias que fazem este trajeto são a AirFrance, Lufthansa e a EasyJet. Se for feito com antecedência, os preços serão mais baixos.

O caminho de avião pode ser feito a partir de outras capitais da Europa também. As que ficam mais próximas de Nice são Madrid, Roma e Genebra. 

Mas se optar por ir de trem, você deve comprar as passagens com antecedência no site da empresa SNCF. Dica: o site Ouigo.fr costuma oferecer bilhetes de trem mais baratos. 

Onde Ficar 

Nice é organizada em 13 zonas, sendo a principal delas a zona central: o Vieux Nice. Podemos dizer que é um dos melhores lugares para se hospedar, pois a localização permite que você se desloque facilmente para outras áreas da cidade. 

Fiquei no Days Inn, que hoje se chama Hôtel Byakko Nice by Wyndham. Ele está mais afastado da Promenade des Anglais, rua beira mar, onde estão os Beach Clubs. É uma caminhada de uns 15 a 20 minutos, mas sempre com muitas coisas legais para ver no meio do caminho. É possível pegar o tram para quem tem dificuldade de locomoção.

Viajar Sozinha para Nice: Hotel Byakko Nice by Wyndham
Imagem: divulgação

É um hotel mais em conta e atendeu perfeitamente bem. Sem luxo, mas como uma infraestrutura eficiente e suficiente. Ele foi reformado e hoje tem um terraço super delicioso.

Ver disponibilidade e diárias no Hotel Byakko nas datas da minha viagem

Mas existem outros bairros que podem ser excelentes escolhas para se hospedar em Nice: Vieux Port, Promenade des Anglais, Nova Nice, Thiers, Gambetta, Vernier e Cimiez. Todos possuem pontos positivos e negativos, tudo vai depender das suas preferências de viagem.

Como se locomover 

Se chegar a Nice de carro, saiba que a melhor opção é deixá-lo estacionado. Isso porque o trânsito é intenso e geralmente é dificílimo de encontrar lugares para se estacionar. 

Já o transporte público é excelente e conta com trens e ônibus cuja passagem unitária é 1,50€. Se preferir, pode optar por um passe de um dia por apenas 5€ (Set 2018). Para melhor se informar sobre o transporte público, clicando neste site você tem acesso ao mapa.

Os aplicativos de transporte como o Uber também funcionam em Nice, mas não possuem preços tão atrativos como encontramos no Brasil. Em geral, a diferença entre os táxis e os aplicativos é pequena, além de não ser muito comum para os franceses pedir transporte por aplicativo. 

Para conhecer os principais pontos da cidade, uma boa opção pode ser os ônibus turísticos de dois andares. Por tarifas diárias de aproximadamente 22 euros você pode pegar o ônibus que para próximo aos principais pontos.

Mas a melhore opção para se locomover em Nice é andando ou pegando as bicicletas azuis que ficam disponíveis para o público. Assim você terá uma experiência ainda mais completa e vai admirar todas as paisagens de um ângulo diferente!

O que você não pode perder em Nice

Viajar Sozinha para Nice: Porto
agem de ronaldepics por Pixabay

A seguir, uma lista com algumas das atrações imperdíveis em Nice:

  • Parque de la Colline du Château
  • Promenade des Anglais
  • Museu Marc Chagall
  • Catedral de Nice
  • Museu Masséna
  • Parque Phoenix
  • Monastério de Cimiez
  • Museu da Arte Moderna e Contemporânea
  • Palais Lascaris
  • Parque do Mont Boron
  • Castel Plage
  • Plage de la Marinière
  • Blue Beach
  • Place Massena
  • Marché aux Fleurs
  • Cidade histórica
  • Castle Hill

Bate e Volta

Uma vez em Nice, por que não sair para fazer passeios de bate e volta?

Das opções mais comuns escolhi Èze e Monte Carlo, em Mônaco. Queria mesmo vivenciar mais de Nice. Recomendo que você combine as duas cidades no mesmo dia, pois é bem fácil o deslocamento entre as cidades. Em outro post, explico melhor como montar esse roteiro.

Imagem de Erich Westendarp por Pixabay
  • Éze
  • Cannes
  • Villefrench Sur-Mer 
  • Antibes
  • Monte Carlo, Mônaco
Imagem de CandyGuru por Pixabay

DEIXE UM COMENTÁRIO! VOU ADORAR!

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.