Mochila ou mala de rodinhas?

Nem sempre a mala de rodinhas será o ideal para o destino escolhido. O mesmo acontece com a mochila. Confira as vantagens e desvantagens de usar cada uma delas.

Mochila ou Mala de Rodinhas

Planner Viajante Solo

Quem começa a viajar sempre tem dúvidas na hora de escolher a melhor bagagem para viajar. Inúmeras vezes me perguntam o que é melhor: mala de rodinhas ou mochila?

É claro que tudo vai depender do seu estilo de viajante. Digo isso porque, pessoalmente, prefiro as malas às mochilas por diversas razões. Mas sei que muita gente não abre mão de levar mochila por achar mais prático. 

Seja qual for a sua preferência agora, vamos falar sobre os vários pontos que vão ajudar a guiar uma boa escolha. 

A ocasião importa

Antes de mais nada, devemos pensar na ocasião da viagem. Vai viajar a trabalho ou a passeio? Praia ou montanha? Cidade grande ou pequena? Tente responder a essas perguntas antes de partir para a comparação.

Se levarmos em conta as estações do ano, uma bagagem de verão é completamente diferente de uma bagagem de inverno. Além da temperatura, as chuvas também guiam bastante as escolhas para colocar em uma mala. 

Além de pensar no clima, considere também o destino de sua viagem. Terá que andar muito carregando a bagagem? O lugar tem escadarias e terrenos difíceis de andar? Terá onde deixar sua bagagem, se quiser fazer passeios mais longos?

Uma vez que você tenha traçado todos os pontos da ocasião, é hora de considerar as vantagens e desvantagens em levar uma mala de rodinhas ou uma mochila para viajar sozinha. 

Planner Viajante Solo

Por que usar a mala de rodinhas?

Na maioria das vezes, as malas possuem estruturas rígidas e um grande espaço interior. Isso possibilita organizar melhor os itens na hora de fazer a bagagem. Neste quesito, ponto para as malas de rodinha.

Além da resistência e do espaço, alguns modelos de malas possuem divisórias e compartimentos que também ajudam muito na organização. Isso sem contar os inúmeros truques que podemos fazer para aproveitar ao máximo o espaço dentro de uma mala. 

As malas também são mais fáceis de transportar, seja no chão ou em algum meio de transporte. Afinal, são geralmente calculadas milimetricamente para seguirem as regras de bagagem. 

Já no chão, as rodas permitem que você arraste sua bagagem e se você for para um lugar com estrutura, poderá contar com essa vantagem também. Mas se o lugar tiver muitas escadarias, você terá um pouco mais de dificuldade para carregar uma mala, sobretudo se ela estiver pesada.

Falando em rodinhas, eu recomendo modelos que façam giros em 360°. Essas malas são ótimas em todas as ocasiões, pois não somos obrigadas a puxar sempre na mesma posição e podemos levá-las de lado também. 

Se até aqui você é uma grande fã das malas, espere para ver as vantagens e desvantagens de viajar com uma mochila.

Por que levar uma mochila? 

Viajar com Mochila

Para começo de conversa, costumo dizer que as mochilas nos forçam a fazer escolhas difíceis. Isso porque elas possuem menos espaço ou, em alguns casos, uma estrutura mais frágil que as malas. 

Além disso, por uma questão de estilo, elas passam a ideia de que o viajante é mais solto, como mochileiros que viajam pelo mundo. De fato, mochilas inspiram um estilo de vida, mas e quando o assunto é praticidade e conforto?

Ao optar por esse tipo de bagagem, você certamente terá que escolher os itens mais essenciais e priorizar a praticidade. Inclusive, esse é um dos argumentos favoráveis às mochilas. Quero dizer que a bagagem dentro de uma mochila tende a ser mais enxuta, com menos itens e mais truques de encaixe.

Outra grande vantagem das mochilas são os bolsos, pois ajudam na organização. Em alguns casos, é possível colocar documentos e objetos importantes em bolsos de mais fácil acesso. Até aqui, mais um ponto para a mochila.

Alguns modelos de mochila permitem encaixar outros itens por fora, aumentando a sua bagagem sem muito sofrimento. Mas não se esqueça! Diferente das malas, as mochilas não se encaixam perfeitamente nos bagageiros. Se sua bagagem for muito desajeitada ou muito grande, talvez você tenha que despachá-la e, se for o caso, toda a ideia de praticidade vai por água abaixo. 

Por outro lado, as mochilas estão grudadas no corpo e, por isso, deixam as mãos livres e facilitando caminhadas e visitas a lugares com escadarias e terrenos irregulares. No entanto, você terá as costas cobertas e poderá sentir mais calor que o normal, além de suar bastante.

Mais um ponto das mochilas é que são grandes atrativos de pickpockets, aqueles ladrõezinhos que furtam as coisas sem que nos demos conta! Pense bem na hora de escolher o modelo e opte por algo mais seguro, com bolsos reforçados.

Por fim, sabemos que mochilas deixam as roupas amassadas e difíceis de acessar. Claro que isso depende do modelo, mas a regra é geral: tirar uma mochila das costas e abrir sempre que precisar de algo pode não ser o ideal de conforto que estamos procurando. 

Mochila ou mala de rodinhas: confira as vantagens de cada uma

E agora? qual das duas escolher? 

Se chegou até aqui, deve ter notado que tanto as malas quanto as mochilas possuem pontos que podem ser muito bons. Mas e agora? Qual das duas é a melhor opção para a sua viagem?

A resposta certa é: não há modelo ideal! 

Por mais que pontos positivos e negativos importem, geralmente estamos prontas para abrir mão de pequenos confortos para aproveitar ao máximo a nossa ocasião e viver o nosso momento.

Com isso, digo que o mais importante é o conforto da viajante. 

Voltando ao que disse sobre as mochilas, nós desenvolvemos um estilo próprio de viajar e, por testes e vivências, queremos a bagagem que melhor se adequa a ele. Ainda assim, optar pelo diferente será uma experiência válida e cheia de surpresas, cabe a nós julgar se elas valerão a pena. 

E você, qual tipo de bagagem prefere? Vamos conversar nos comentários! 

Planner Viajante Solo