Cuidados na hora de comprar a passagem aérea para sua viagem

Com toda essa facilidade para pesquisar passagens aéreas na internet e com diversos sites anunciando promoções super atrativas diariamente, as pessoas começaram a comprar seus bilhetes por conta própria. Isso é ótimo, porém, às vezes podem acabar fazendo uma compra por impulso e acabar saindo muito mais caro. Ou ainda, o preço ser realmente bom, porém não compensar, devido a algumas coisinhas que você não pensou na hora de clicar COMPRAR, quando estava sonhando com aquela espreguiçadeira numa praia paradisíaca no Caribe. Neste post, quero mostrar os cuidados na hora de comprar a passagem aérea para sua viagem. Vamos lá?

Promoções e o que levar em conta

Existem diversos sites que anunciam as promoções antes mesmo das companhias aéreas. Melhores Destinos e Passagens Imperdíveis são alguns dos que uso, mas também existem outros, onde você pode se cadastrar e receber as promoções por e-mail. Vale super apena ficar monitorando as promoções, se você tem uma viagem a vista. Mas, antes de comprar, devemos levar em conta algumas questões.

Tarifas e Taxas

Uma coisa que deve ser observada é como as promoções chegam até você: sempre com títulos super atrativos que te fazem sonhar. OK, faz parte das técnicas de vendas, nenhum problema quanto a isso. Mas lembre-se que em 90% dos casos, o preço que você vê não vem com as taxas incluídas e elas podem te surpreender. Observe sempre a palavrinha a partir.

Saiba que o preço da passagem aérea não é composto apenas do deslocamento de um ponto a outro. Existem as odiadas taxas:

SOLO TRAVEL WEEK 

Uma semana repleta de conteúdos sobre viajar sozinha, planejamento de viagem, destinos e muito mais. Conteúdos online & gratuitos com Denise Tonin & Convidados.

Deixe seu e-mail e seja avisada em primeira mão da próxima edição.

  • Taxa de embarque: valor pago ao aeroporto pelos serviços prestados e utilização das instalações nos terminais de passageiros.
  • Taxas de Serviços a Passageiros: valor pago à companhia aérea pelos serviços prestados aos passageiros e cada companhia aérea estabelece a sua.
  • Taxa governamental: valor cobrado pelos países pelo o uso do espaço aéreo.
  • Fee das Agências de Viagens ou sites de compra (como Decolar, Submarino e Viajanet, etc.)
taxas-voos
Imagem de detalhamento de taxas da KLM que não soube me explicar o que era a taxa de solidariedade!?!?!?! e ainda foram extremamente grosseiros na sua resposta pelo Facebook #KLM-FAIL

Erros de tarifas nos sites

Você pode ter a sorte de encontrar um erro de tarifas nos sites das companhias aéreas. Conheço vários casos, como Madri a R$ 10,00 (esta semana) ou Japão na Classe Executiva da American Airlines, a R$ 1.500,00 que ocorreu em 2015.

O que você deve fazer nesses casos? Comprar é claro e arriscar. Na maiorias das vezes, a companhia aérea assume seu erro e cumpre o compromisso, como foi o caso da American Airlines. Mas também pode ocorrer o contrário. Eu arriscaria! 🙂

Período da Viagem

Você já não viu mil promoções com preços inacreditáveis para aquela praia deslumbrante que você sempre sonhou? Vale dar uma olhadinha na melhor época pra ir. Muitas vezes esse preço inacreditável é no período das monções (ventos, chuvas, furacões). Você se anima, compra e vai ver a sua praia paradisíaca pela janelinha do quarto de hotel. Será que vale a pena?

Não comprar o ticket para o destino final

Outra coisa muito comum é a pessoa ver uma promo para Paris com preço super bom, mas ela queria mesmo era ir a Dublin. Mas como na Europa tudo é “pertinho”, ela compra a promo pra Paris e depois vai ver como fazer o trajeto interno, porque existem as companhias low cost e vai ser super baratinho. Cuidado, pode dar um grande prejú!

Antes de apertar “comprar”:

  • pesquise o preço desse deslocamento interno, no exemplo, Dublin – Paris
  • veja também o tempo que  isso vai levar
  • vai haver troca de aeroporto?

Ás vezes, vale mais a pena comprar um voo daqui até seu destino final e evitar novo check in, mudança de aeroporto (as low costs operam em aeroportos diferentes), stress com excesso de bagagem, etc.

Contar com as companhias low cost

As companhias low cost são aquelas que possuem as tarifas ridiculamente baratas. Na Europa a mais conhecida é a Ryanair que costuma oferecer passagens a 2 Euros. Sim! Eu não escrevi errado: dois euros! Difícil de resistir! Só que vale atentar ao fato que:

  • Dificilmente você vai pagar só 2 euros, pois existem as taxas que já mencionamos
  • Você terá restrições de bagagem (normalmente poderá viajar com 10 kg) e o excedente é pago e não é nada barato.
  • Por vezes, os aeroportos usados por estas companhias não são os hubs principais e você precisará se deslocar e fazer conexão para outro destino.

Ler todas as condições da tarifa

Como a maioria das pessoas, não temos muito saco de ler aquele monte de letrinhas. É chato, eu sei. O que queremos mesmo é apertar o botão de compra e começar a sonhar com a nossa viagem. Mas precisamos ler as condições de tarifa, saber o que acontece no caso de cancelamento ou troca de datas, qual a permanência mínima e máxima no destino. É imprescindível lermos as condições antes de comprar pra não termos dor de cabeça mais tarde.

E você? Tem mais alguma dica que devemos levar em consideração ? Coloque nos comentários e vamos ajudar mais viajantes.

DEIXE UM COMENTÁRIO! VOU ADORAR!

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.