fbpx

Guia Viajar Sozinha em Segurança

HomeBrasilRio de JaneiroVisita ao Palácio Guanabara

Visita ao Palácio Guanabara

O que fazer no Rio de Janeiro

Planner Viajante Solo

JÁ ESTÁ ME SEGUINDO NO INSTAGRAM? BORA VOAR!

28,3k Seguidores
Seguir

Com a alta do dólar e euro e ainda a pandemia nos levam a ‘turistar’ em casa. Uma das visitas sugeridas no Rio de Janeiro é o Palácio Guanabara. Posso dizer que sou uma pessoa privilegiada por morar em uma cidade tão linda e tão rica culturalmente.

Sede do Governo, agora é possível conhecer o Palácio Guanabara dentro do Projeto Palácios do Povo e agendar a visita a um dos patrimônios históricos e culturais do Rio de Janeiro, testemunha de grande parte da história da cidade.

Leia também

Manaus: o exuberante Teatro Amazonas da Belle Époque

Roteiro Manaus combinado com Cruzeiros Iberostar

Breve história do Palácio Guanabara

Construído em 1853 como residência de família, o palácio foi vendido à Família Real em 1864, para abrigar a Princesa Isabel e seu marido, Conde d’Eu, recebendo o nome de Paço Isabel. Em 1890, o Palácio foi declarado patrimônio nacional e batizado de Palácio Guanabara.

A partir daí passou a ser residência oficial de presidentes da república como Marechal Hermes da Fonseca, Getúlio Vargas e também Eurico Dutra, último a habitar o Palácio, por volta da década de 40.

Paço Isabel Fotos Antigas | Viajante Solo

De 1946 a 1960, o Palácio passa a ser sede da Prefeitura do Distrito Federal e, com a criação do Estado da Guanabara, passou a ser a sede do Governo do Estado abrigando governadores como Floriano Peixoto – o mais antigo – Leonel Brizola, Marcello Alencar, Sérgio Cabral e o atual governador, Luiz Fernando Pezão.

Palacio da Guanabara Detalhes | Viajante Solo

Em 68, o prédio ganhou um anexo onde funcionam as subsecretarias da Casa Civil e de Governo.

Pensando em alugar um carro? Compare os melhores preços em mais de 100 locadoras

Como é a visita ao Palácio Guanabara

Para visitar o Palácio da Guanabara você precisará agendar a visita no site Palácios do Povo.

Salão Nobre

Planner Viajante Solo

A visita começa pelo Salão Nobre do Palácio da Guanabara que, desde os tempos da Família Imperial, era um dos centros de reunião do Rio de Janeiro. A Princesa Isabel e seu marido recebiam seus convidados ilustres para jantares e saraus com muita música e poesia. Também era aqui que aconteciam os encontros políticos e, hoje em dia,  é onde acontecem encontros de autoridades e importantes eventos do Estado.

Palacio da Guanabara Salão Nobre | Viajante Solo

Neste salão encontramos mobílias da época do império e muitos quadros, entre eles o de Aurélio Figueiredo que retrata a Abdicação de D. Pedro I durante um momento da História Brasileira.

Palacio Guanabara Quadro Abdicação de D. Pedro I | Viajante Solo
Palacio Guanabara Salão Nobre Detalhes | Viajante Solo

A caminho da Sala Pé de Moleque, passamos pelo Jardim de Inverno do palácio Guanabara, onde a princesa Isabel costumava passar grande parte de seu tempo.

Palacio Guanabara Jardim Interno | Viajante Solo

Sala Pé de Moleque

A sala tem este nome porque, em 2011, durante uma obra de restauração, acharam um tipo de calçamento conhecido como ‘pé de moleque’. É uma técnica que utiliza pedras da região que são assentadas com barro.

Esta técnica foi trazida pelos portugueses no século XVII e era usada nas áreas onde ficavam os escravos. Quem nos apresentou a sala foi a querida Renata, guia do SENAC, que nos explicou que a cobertura com vidros resistentes – cada placa aguenta até 200 kgs – foi usada para a melhor proteção deste calçamento.

Palacio Guanabara Sala Pé de Moleque | Viajante Solo

A sala é muito bonita e achei criativa a maneira encontrada para preservar a história, mas confesso que dá uma agonia tremenda andar sobre o vidro, mesmo que você não passe do chão! hahaha

Palacio Guanabara Calçamento Pe de Moleque | Viajante Solo

A caminho dos jardins fomos surpreendidos por um mini-concerto com instrumentistas de várias comunidades pacificadas da cidade. Foi muito lindo!

Palacio Guanabara Concerto Patio Interno | Viajante Solo

Não esqueça de contratar o seguro viagem, imprescindível quando viajamos sozinhas! . Compare os planos e as seguradoras  e escolha o melhor seguro viagem para você

Jardins do Palácio

Palacio Guanabara Jardim | Viajante Solo

O desenho dos jardins da propriedade foi idealizado pelo francês Paul Villon no começo do século XX. Ainda é possível ver o desenho original: um enorme retângulo, com canteiros geométricos seguindo um conceito francês. 

Como destaque do jardim, encontramos o belíssimo chafariz com uma escultura de Netuno rodeado de crianças. A obra é de autoria do escultor francês Gabriel Dubray, da Fundação Val d’Osne, uma das mais renomadas fundições do século XIX.

Palacio da Guanabara Chafariz de Netuno | Viajante Solo

Ahhhh e as Palmeiras Imperiais que tanto amo. Como são lindas! Estas da Alameda foram plantadas durante a reforma e quem as cultivava na época, ostentava status e aproximação com a monarquia. Fileiras duplas de palmeiras são características dos jardins brasileiros do final do século XIX e início do século XX. Hoje existe apenas uma delas da época da Princesa Isabel e fica ao lado do Palácio e não nessa alameda.

Também foram plantadas diversas árvores frutíferas exóticas como mangueiras, jaqueiras e jambeiros.

Confira os planos para comprar um chip com internet 4G ilimitada e ficar conectada durante toda a viagem

Capela de Santa Teresinha

A visita se encerra na Capela de Santa Teresinha que fica logo ao lado do Palácio Guanabara. Sua construção, que data de 1946, está diretamente relacionada a devoção de Carmela Dutra, esposa do então Presidente Mal. Eurico Gaspar Dutra.

A construção, em estilo neo-colonial, levou 142 dias e sua localização é exatamente em frente a janela do quarto de Carmela.

Capela Santa Teresinha | Viajante Solo

Gostei bastante da visita ao Palácio Guanabara e acho que vale muito a pena conhecer um pouquinho mais da história. Ao mesmo tempo, fiquei um pouco frustrada por não poder ver mais cômodos do palácio.

Informações Práticas

Palácio GuanabaraRua Pinheiro Machado, s/n° – Laranjeiras

Horários: Sábados – das 9h às 17h

Visitas guiadas:  9h | 10h | 11h | 12h | 14h | 15h | 16h 

Visitação livre:  9h30 | 10h30 | 11h30 | 12h30 | 14h30 | 15h30 | 16h30 

Valor: Gratuita

Visita Virtual: acesse aqui a visita virtual aos Palácios das Laranjeiros e Palácio da Guanabara:

Covid-19

É obrigatório o uso de máscara e o distanciamento de pelo menos um metro entre as pessoas.

Salvo algumas exceções devidamente sinalizadas, todas as viagens e experiências do Viajante Solo são custeadas com recursos próprios da autora, Denise Tonin. Por isso, se você achou esse conteúdo útil para a sua viagem, poderá adquirir os produtos oferecidos, como o Planner de Viagem, o Guia Viajar Sozinha em Segurança ou a Mentoria para Viajar Sozinha. Ficarei muito feliz e grata pelo seu apoio!

Guia Viajar Sozinha em Segurança

Planner Viajante Solo

Planner Viajante Solo

12 COMENTÁRIOS

  1. Olá! Quando você fez essa visita? Acabei de enviar um email para esse endereço e voltou dizendo que não foi encontrado ou não pode receber mensagens. Será que ainda tem?
    Obrigada! Não conhecia o seu site. Adorei!

    • Monica, tudo bem ? Obrigada 🙂 Olha, já faz tempo e já mandei email para lá (em outro endereço) para verificar e atualizar o artigo. Nem sempre conseguimos manter tudo atualizado. Vou aguardar a resposta e atualizo por aqui. Obrigada por ter avisado 🙂 beijos

  2. Gostaria de saber os dias para visitação, vou está no Rio de Janeiro, de 15 a 19 de março e gostaria de conhecer o palácio.

  3. OIÊ!!!
    Sou carioca, mas morando em João Pessoas há anos. Mesmo com todo emblema, toda Ipanema e todo problema morro de saudade do Rio. Em fevereiro (2017) vou passar algumas semanas por aí e pretendo fazer esta visita. Gostaria de saber se ainda está de pé as visitas. Ah, espero que sim!!!
    Bjs,
    Paula

    • Oiêee Paula, tudo bem ? Não conheço João Pessoa ainda, acredita? Que falta grave…rs Olha, que eu saiba ainda está de pé sim, apesar de que fiz faz um tempinho. Vc pode escrever para o email de informações visitaguiada@casacivil.rj.gov.br e confirmar pra não ter problemas, né? Boa viagem e que vc mate as saudades 🙂 beijos

  4. Boa noite Denise!

    Primeiramente gostaria de parabenizar sua matéria sobre o Palácio Guanabara; Sou aluno de Guia de Turismo do Senac e estou fazendo um levantamento histórico/cultural sobre a construção. Ler isso tudo foi de grande ajuda e acrescentou muito no meu trabalho.
    O que me deixou mais feliz foi ler sua bio no final do texto e descobrir que além da paixão por viagens, temos muita coisa em comum. Além de Guia de Turismo em formação, também curso Marketing (4* período/Unicarioca); No primeiro semestre de 2017 estarei iniciando o último período e com isso, iniciando também o TCC. Mais uma surpresa foi ver que você é especialista na área em que eu pretendo fazer o trabalho de conclusão do curso (mídias sociais).

    Agradeço mais uma vez e espero manter contato! 🙂

    Sérgio Murilo.

    • Que legal, Sérgio! Obrigada pela visita e pelos elogios. Eu amo viajar e amo marketing e sou muita grata por poder trabalhar com as minhas duas paixões. Se precisar de alguma ajuda no TCC é só falar 🙂 Beijos e volte sempre

DEIXE UM COMENTÁRIO!

Please enter your comment!
Insira seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Proibida a cópia parcial ou total deste conteúdo, pois o mesmo está protegido pela Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998