15 passeios gratuitos em Curitiba Viajante Solo

Quer visitar uma cidade rica em atividades culturais e gastronômicas? Curitiba.  Eu a considero um destino muito bacana pra você conhecer viajando sozinha. Não vai faltar coisas pra fazer, pode apostar. Vamos, então, falar dos passeios gratuitos em Curitiba. Selecionei os que mais gostei nas minhas últimas três visitas à cidade.

Neste artigo, falo dos passeios que gostei de fazer, gastando muito pouco, basicamente o deslocamento até cada um deles, pois as atrações são gratuitas. Bom, sempre tem aquela lembrancinha e a parte de alimentação que você também deve considerar. E, claro, existem muitos outros pontos de interesse gratuitos na cidade, mas falo aqui dos que pude conhecer e que recomendo.

1

Bosque do Alemão

O Bosque do Alemão foi o local onde os primeiros imigrantes alemães chegaram no ano de 1833. O bosque foi implantado em 1996 e possui uma área de 38 mil m2. Tem um mirante muito bonito que permite uma bela vista da cidade.

Ao longo da trilha do Bosque é possível ler a história de João e Maria, dos irmãos Grimm, reproduzida em painéis de azulejo. É uma tranquilidade só e um passeio muito bonito. A trilha é bem suave e a dica aqui é você começar pela parte superior, onde está o Oratório de Bach e vir descendo com calma, curtindo o barulhinho da mata.

Você faz a trilha em menos de 30 minutos e no caminho vai passar pela Casa da Bruxa onde, aos finais de semana, as crianças podem escutar contos infantis. É uma iniciativa muito bacana para despertar o interesse da leitura nas crianças.

Informações Práticas

Bosque do Alemão
Rua Francisco Schaffer, s/n – Vista Alegre
Horário: 8h às 18h – Contos: finais de semana às 11h, 14h e 16h

2

Jardim Botânico

O Jardim Botânico é um dos cartões postais de Curitiba. Sabia que ele é relativamente recente? Foi inaugurado somente em 1991 e teve como inspiração o paisagismo francês. Já a estufa que aparece em 100% das fotos de viajantes, foi inspirada no Crystal Palace e Kew Gardens de Londres.

O que você pode encontrar por lá: tatu, pequenos mamíferos, gambá, inúmeras aves, além de lindas araucárias, pitangueiras, bromélias e orquídeas.

Além das belezas naturais como lagos e fontes, ainda tem o Jardim das Sensações, Espaço Cultural, bistrô e Museu Botânico. Por isso é bom reservar, pelo menos, uma tarde para poder conhecer tudo com calma. Uma ótima ideia é fazer um piquenique nos belos jardins e aproveitar o pôr do sol e ainda apreciar o acender da iluminação da estufa.

Passeios Gratuitos em Curitiba Jardim Botânico Noite | Viajante SoloInformações Práticas

Jardim Botânico
Av. Professor Lothario Meissner com Rua Engenheiro Ostoja Roguski
Horário: 6h às 20h (Verão) e 6h às 19h30 (Inverno) 

3

Parque Tanguá

Um dos passeios que considero imperdíveis em Curitiba é assistir ao pôr do sol no Parque Tanguá. Com uma área de 235 mil m2, foi inaugurado em 1996 e faz parte da área de preservação do Rio Barigui. Tanguá quer dizer “baía das conchas”.

O Parque é bem grande e, além do lago com chafariz, você também pode conhecer o Jardim Potty Lazzaroto, em homenagem ao artista plástico de Curitiba, que possui várias obras espalhadas pelas ruas da cidade.

Informações Práticas

Parque Tanguá
Rua Oswaldo Maciel, s/ n° – Taboão
Horários: Parque: 8h às 18h – Todos os dias; Bistrô: 9h às 21h00

4

Bosque do Papa | Memorial Polonês

O bosque do papa foi inaugurado em 1980, depois da visita de João Paulo II a Curitiba. O parque possui uma área de 48 mil m2, paisagismo idealizado por Burle Marx, uma reserva de mata atlântica com muitas araucárias, trilha, loja de artesanato e ainda uma casa de chá em estilo polonês logo na entrada. É um ambiente super agradável para relaxar.

Uma pena que no dia em que fui estava a maior chuva, então não fiquei muito tempo, mas pude visitar a Capela de Nossa Senhora de Czestochowa, em homenagem à padroeira da Polônia e admirar este museu a céu aberto que reconstituiu a maneira de viver dos primeiros imigrantes poloneses que se instalaram na cidade lá pelo ano de 1871.

Informações Práticas

Bosque do Papa
Rua Euclides Bandeira, s/ nº – Centro Cívico
Horário: 6h às 20h – Todos os dias

5

Feira do Largo da Ordem

A feirinha do Largo da Ordem é super conhecida e acontece sempre aos domingos de 9 às 14. Minha dica é você ir bem cedo para poder andar com tranquilidade, pois mais tarde começa a ficar complicado. Quando estive lá estava chuviscando e, mesmo assim, estava bem cheio.

Você vai encontrar de tudo por lá: artesanato, lembrancinhas, pinturas, artigos em couro, roupas, antiguidades, biscoitinhos amanteigados e muito mais. Bom, o passeio é gratuito. O duro é você não se render as coisas que tem por lá.

Além das comprinhas você também pode visita a Igreja da Ordem, o Memorial de Curitiba e a Mesquita. Tudo super pertinho!

Depois de andar bastante, você pode repor as energias nos restaurantes que estive e também recomendo.

Leia também >> Onde comer em Curitiba

Informações Práticas

Feira do Largo da Ordem
R. Kellers, s/n – São Francisco (Inicia na Rua São Francisco e termina na rua Kellers)
Horário: Domingos de 09 às 14 hs

6

Mesquita Imam Ali ibn Abi Talib

É uma atração bastante visitada na cidade e também é conhecida como Mesquita de Curitiba. Foi inaugurada em 1972 e é totalmente forrada com lindos tapetes persas. Para a entrada, as mulheres devem vestir um véu para cobrir a cabeça, que é fornecido na própria mesquita. Todos devem entrar entrar descalços.

Informações Práticas

Mesquita de Curitiba
Rua Dr. Kellers, 383, bairro São Francisco.
Horário: Domingos, 10 às 13h30

7

Museu Oscar Niemeyer – MON

Mais uma das obras impactantes do de Oscar Niemeyer! Uma visita que, sem dúvida vale muito a pena. Você poderá visitá-lo gratuitamente as quartas e toda primeira quinta-feira do mês, mas, mesmo pagando (R$ 16,00 – Jul 2017) ainda é algo a ser considerado. Há exposições permanentes, como a que expõe as obras confiscadas na Operação Lava Jato e ,para ver a programação atualizada, você deve acessar o site oficial do MON. Não são permitidas filmagens no interior do museu, apenas fotos e sem flash.

Informações Práticas

Museu Oscar Niemeyer
Rua Mal. Hermes, 999 – Centro Cívico
Horário: terça a domingo, das 10h às 18h; Quartas, entrada franca das 10h às 18h; Quintas: Toda primeira quinta-feira do mês, das 10h às 20h. A partir das 18h a entrada é gratuita para todos os visitantes. Distribuição de ingressos e acesso às salas expositivas até 19h30.

8

Museu do Holocausto

O Museu do Holocausto de Curitiba, inaugurado em novembro de 2011, foi o primeiro museu no Brasil a falar sobre o tema e é uma visita imperdível! Ao reunirem depoimentos de sobreviventes, o museu passou a palavra a estas pessoas que foram vítimas da mais estarrecedora e cruel brutalidade feita contra o ser humano. Eu amei a visita, mas confesso que você deve preparar o seu coração. Não é nada fácil se deparar com esta história tão cruel. Você deve agendar a sua visita no site do museu e não é permitido tirar fotos no seu interior.

Informações Práticas

Museu do Holocausto
Todas as visitas devem ser agendas no site
R. Cel. Agostinho Macedo, 248 – Bom Retiro
Horários: Seg, ter e qua: 8h30 às 11h30 e 14h30 às 17h30; Sex: 8h30 às 11h30; Dom: 9h às 12h; Qui e sáb: fechado

9

Paço da Liberdade

O Paço da Liberdade foi inaugurado em 1916 e era a sede da Prefeitura de Curitiba. Sua arquitetura possui detalhes neoclássicos e desenhos art nouveau. Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), foi totalmente revitalizado em 2009 e hoje é administrado pelo SESC e funciona como Centro Cultural. Você pode visitar o prédio que é lindíssimo, além de gastar um tempinho no Café do Paço que é delicioso.

Informações Práticas

Praça Generoso Marques, 189 – Centr0
Horários: Ter a Sex, das 10h às 21h / Sáb, das 10h às 18h e Dom, das 11h às 17h

10

Mercado Municipal

Foi reformado recentemente e ficou muito bonito. Uma visita rápida pelo mercado é gratuita, mas ele também é uma boa opção para a “feira” propriamente dita ou para comer comida orgânica. Para os fãs do “pé na jaca” há boas opções de massas na praça de alimentação.

Informações Práticas

Av. Sete de Setembro, 1865
Horários: Dom: 07:00 – 13:00; Seg: 07:00 – 14:00; Ter à Sáb: 07:00 – 18:00

11

Solar do Rosário

O Solar do Rosário foi inaugurado em 1992, sendo o sobrado construído no final do século XIX. Hoje abriga uma galeria de arte, restaurante, café, livraria, além de um jardim de esculturas.

Informações Práticas

Rua Duque de Caxias, 4 – Centro Histórico – Veja os horários e programação no site do Solar do Rosário

12

Igreja do Rosário dos Pretos de São Benedito

A Igreja do Rosário dos Pretos de São Benedito foi construída pelos escravos em 1737 e, na minha opinião, é a mais linda da cidade! Enquanto estava sendo construída a atual Catedral, ela serviu como igreja matriz, no período de 1875 a 1893. Em 1931 ela foi demolida, pois seu estado de conservação estava muito ruim. A atual construção data de 1946.

Informações Práticas

Praça Garibaldi – Centro Histórico – Aos domingos, 8h é celebrada a Missa do Turista e Feirantes.

13

Universidade Federal do Paraná

Não é bem uma visita, mas pelo menos passe em frente e aprecie a beleza desse prédio de 1912. Estive lá em minha última viagem, pois a Free Walking Tour de Curitiba sai ali da frente. O prédio é belíssimo e um dos principais símbolos de Curitiba. A UFPR é umas das universidades mais antigas do Brasil.

Informações Práticas

Rua XV de Novembro, 1299 – Centro

14

Palácio Garibaldi

O Palácio Garibaldi foi um lugar muito importante em momentos históricos da cidade, como o I Congresso Estadual do movimento operário paranaense que aconteceu em 1906 e que deu origem à criação da Federação Operária do Paraná. Em 1988 foi tombado Patrimônio Histórico e Artístico do Paraná. Hoje é utilizado como espaço para eventos.

Informações Práticas

Palácio Garibaldi – Praça Garibaldi, 12 – Largo da Ordem

Estes foram alguns dos passeios gratuitos em Curitiba que fiz e que gostei mais. Mas as atividades não se encerram por aqui. Ainda há muitas outras espalhadas pela cidade e é, por isso, que adoro visitar Curitiba. Sempre há coisas novas a descobrir.

10 COMENTÁRIOS

  1. Ei Denise! Tô adorando seu blog!
    Nunca fui a Curitiba, estou indo nesta terça-feira. Chego à noite e já estou pensando em seguir sua dica e contactar o Antônio para me pegar no aeroporto.
    Vou ficar do dia 12 ao dia 18, sendo q o 12 não conta. Estou pesquisando, mas é tanta coisa que não sei por onde começar. Inicialmente estou pensando em pegar o ônibus de turismo de Curitiba e apenas fazer todo o percurso para ter uma ideia. Este percurso demora 2h30. Sendo que pretendo pegar o primeiro ônibus, 9h, o que vc me sugere fazer à tarde. A última parada do ônibus é no Setor Histórico. Estou pensando em almoçar no Bar do Alemão. E depois? O que vc me aconselha a visitar por ali?
    Ficarei hospedada no bairro Batel.
    Tomara que dê tempo de vc ler e me ajudar. De todo jeito, já ajudou Obrigada!

    • Oi Maria Cristina, tudo bem ? Que bom que gostou, fico feliz! Para dar uma geral na cidade faça sim o bus turistico e também pode fazer a Free Walking Tour. É muito bacana e vai fazer o Centro Histórico, mas ela começa pela manhã, se não me engano às 11h 🙂 Se vc for almoçar no Alemão, depois poderá caminhar pelo Centro Histórico mesmo ou visitar o MON ou ainda o Museu do Holocausto. Beijos

  2. Curitiba é um destino encantador. Falo que a cidade é multicultural, pois nos oferece lazer de alta qualidade!!!Sem que precisemos gastar ou, pelo menos, não muito. É um dos meus destinos preferidos.

    Adorei teu relato e todas as dicas práticas.
    Beijos

DEIXE UM COMENTÁRIO! VOU ADORAR!

Please enter your comment!
Please enter your name here